“Embriaguez do sono” afeta 1 em cada 7 pessoas

por Jeremy Dean

Levantamento de quase 20.000 pessoas encontra que 15% tinham experimentado embriaguez do sono no último ano e metade destes, pelo menos uma vez por semana.


Uma em cada sete pessoas pode ser afetada pelo ‘transtorno de embriaguez do sono‘ logo depois de terem acordado ou durante a manhã.

Transtorno de embriaguez do sono envolve confusão grave após despertar – muito mais do que apenas o ficar “grogue” matinal normal – e / ou comportamento impróprio: coisas como atender o telefone em vez de desligar o alarme.

Despertares confusos podem acontecer com as pessoas quando tem períodos muito curtos de sono ou jet-lag, mas são ocorrências regulares para aqueles com o transtorno.

Após um despertar forçado, a doença pode até mesmo levar a um comportamento violento e, em seguida, à amnésia sobre o evento.

Leia mais:

O estudo, publicado na revista Neurology, pesquisou 19,136 pessoas nos EUA ( Ohayon et al., 2014 ).

Às pessoas foi perguntado sobre os seus hábitos de sono e se elas tinham sofrido algum dos sintomas.

Os pesquisadores descobriram que 15% das pessoas tinham experimentado pelo menos um episódio de embriaguez do sono no último ano. Destes, mais da metade tinha um episódio a cada semana.

A maioria das pessoas com a doença também tinha um distúrbio do sono ou estavam tomando medicamentos que afetam o seu estado mental, tais como antidepressivos, que são conhecidos para afetar o ciclo de sono.

Especificamente, entre aqueles que tiveram um episódio:

Ambas as pessoas, que tem muito pouco sono (menos de seis horas), e aquelas que tem muito (mais de nove horas) também foram mais propensas a experimentar a embriaguez do sono.

Se a desordem realmente justifica ou não uma categoria separada – ao contrário de ser outro sintoma de sono perturbado – ainda está em debate.

Maurice M. Ohayon, que liderou o estudo, disse:

“Estes episódios de despertar confuso não tinham obtido muita atenção, mas dado que eles ocorrem em uma taxa elevada na população em geral, mais pesquisas devem ser feitas quando eles ocorrem e se eles podem ser tratados.

Pessoas com distúrbios do sono ou problemas de saúde mental também devem estar cientes de que elas podem estar em maior risco de ter estes episódios.”

O tratamento para o transtorno de embriaguez do sono envolve a segmentação dos problemas de sono subjacentes – então ele geralmente diminui.

Leia também:


Quer ler o site sem anúncios + conteúdo exclusivo?
☆ Assine o Psicoativo Premium





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.