Ofidiofobia (Medo de Cobras): Causas, sintomas, tratamentos

Medo de cobras – Ofidiofobia

Ofidiofobia - Medo de cobras

Os seres humanos têm muitos medos. O medo de cobras ou Ofidiofobia é a segunda fobia mais comum no mundo. Quase 1/3 dos seres humanos adultos tem um medo intenso de serpentes.

A maioria das pessoas com Ofidiofobia podem levar uma vida normal caso não tenham de confrontar o objeto de seus medos em circunstâncias normais. No entanto, para as pessoas com essa fobia muito grave, a simples menção, ou uma imagem de uma cobra em livros ou na TV pode levar a uma intensa resposta de medo, e reações que podem até mesmo incluir ataques cardíacos e morte.

Causas de Ofidiofobia

As serpentes são criaturas fascinantes que sempre tiveram mitos associados a elas. Esses mitos são a principal razão por que os humanos temem. Isso, e o fato de que algumas cobras são venenosas e podem levar a mortes, provavelmente levaram a Ofidiofobia.

A seguir estão as causas do medo de cobras:

  • Ignorância e falta de educação é uma das principais causas do medo de cobras
  • Episódio traumático no passado, tais como acidentalmente pisar em uma cobra ou ser mordido, ou de outra forma ameaçada por cobras pode ter levado a um quadro de Ofidiofobia.
  • Ver ou assistir a um incidente em que uma outra pessoa, um amigo ou membro da família foi atacado ou mordido por uma cobra também pode levar ao medo excessivo.
  • Relatos da mídia e programas de TV também podem levar a crer que as cobras são sempre perigosas, levando a Ofidiofobia.
  • Traços genéticos e história familiar com pessoas ofidiofóbicas também podem levar outros membros da família a ter um medo de cobras tão intenso que se caracteriza como fobia.
  • A evolução é uma outra razão por trás dessa fobia. Muitos psicólogos evolucionistas explicam Ofidiofobia como uma “resposta de repulsa’ para cobras que sempre foram associadas com a morte, doença ou veneno. Veja aqui explicação da neurociência

Ofidiofobia é uma parte da zoofobia, um termo genérico para o medo de animais. Alguns casos de zoofobia são mais fortes na infância e desaparecem na idade adulta. Em outros casos, a fobia persiste e permanece ainda na idade adulta.

Os sintomas do medo de cobras

A Associação Psiquiátrica Americana descreveu os seguinte sintomas de Ofidiofobia que podem ser categorizados como mentais, físicos ou emocionais:

  1. Ansiedade incontrolável, especialmente quando se está prestes a ser exposto a cobras
  2. Sentir que é preciso fazer alguma coisa para evitar cobras
  3. Gritar, chorar ou experimentar dificuldade para respirar, ou tremores, ou abalos violentos quando se encontra cobras, suas fotos ou imagens na TV.
  4. Sentir-se ansioso ou experimentar aumento da freqüência cardíaca quando levado para locais onde cobras podem estar presentes.

Ter medo de cobras pode afetar a vida de uma pessoa normal, especialmente quando ele / ela evita jardins zoológicos ou casas de amigos onde há cobras de estimação. Ofidiofóbicos se recusam a deixar suas casas em locais que possuem alta população de cobras.

Tratamento da Ofidiofobia / Curar medo de cobras

Se você ou alguém que você conhece está experimentando um medo irracional de cobras, você pode ter ajuda em uma ou mais das seguintes opções de tratamento:

  • Dessensibilização e reprocessamento – Esta terapia é eficaz para tratamento das experiências traumáticas anteriores que podem ter causado a ofidiofobia. Ela ajuda o paciente a superar seu medo, fazendo ele olhar imagens de cobras e gradualmente permitir a superação da fobia de cobras. Isso ajuda o indivíduo a superar o medo e seguir em frente na vida.
  • Terapia cognitiva comportamental (TCC) ou reestruturação ajuda o indivíduo a identificar seus padrões de pensamento que estão por trás do medo de cobras. O paciente é estimulado a escrever pensamentos a respeito de porque se teme cobras. Estes incluem pensamentos como: “cobras são viscosas”, “elas são perigosos e têm a capacidade de matar seres humanos” e assim por diante. Escrever esses pensamentos pode ajudar o ofidiofóbico a identificar padrões que levam ao medo, ansiedade e estresse. Os pacientes também aprendem a substituir suas associações negativas com crenças positivas. Isto, por sua vez, pode ajudar a diminuir o medo.
  • Técnicas de relaxamento – Estas incluem meditação, respiração controlada, contagem e reafirmações positivas quando confrontados com imagens de cobras. A melhor parte sobre estas técnicas é que se pode adaptar as suas próprias soluções e ajudar a si mesmo superar o medo de cobras.
  • Aconselhamento individual ou em terapia de grupo. Falar sobre os medos pode ajudar a liberar sentimentos negativos, e compartilhar estratégias para lidar com sua fobia.

Usando as opções de tratamento mencionadas acima, pode-se perder o medo de cobras, a fim de não só levar uma vida normal, mas também desfrutar das belas criaturas que são uma parte fascinante da nossa natureza.

Causas, sintomas e tratamentos para outras fobias:

 

 

 

comprar livro freud analises de fobias menino hanslivro ansiedade fobias sindrome do panico comprar  medos fobias panico livro comprarcomprar livro tratando fobia panico depressao

 

 

 




DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/


🔴 COMENTA AÍ

8 comentários em “Ofidiofobia (Medo de Cobras): Causas, sintomas, tratamentos

  • Pingback: Zoofobia (Medo de animais): Causas, sintomas, tratamentos - Psicoativo

  • Pingback: Herpetofobia (Medo de répteis): Causas, sintomas, tratamentos - Psicoativo

  • Pingback: Cinofobia (Medo de cachorros): Causas, sintomas, tratamentos ⋆ Psicoativo

  • 21/01/2016 em 23:52
    Permalink

    Cara, gostei da matéria, minha namorada sofre muito com isso em redes sociais, etc. Não tem como prever quando vai aparecer uma foto de cobra ou não, ela chega a jogar o celular longe, é assustador. O problema aqui é que eu tive que pesquisar a cura por ela, pois sua matéria tem uma foto de uma cobra rs.

    Resposta
    • 22/01/2016 em 13:02
      Permalink

      Oi Moisés,

      Complicado isso né?
      Eu geralmente tento coloco uma imagem não assustadora ou até mesmo amigável (como um cartoon, uma cobra fofinha igual a Celeste do Castelo Rá-tim-bum haha).
      Dessa vez eu esqueci disso. Valeu pelo toque, vou trocar a imagem.

      Um abraço.

      Resposta
  • Pingback: 100.000 visitantes no Psicoativo!

  • 22/08/2016 em 22:53
    Permalink

    Eu sofro muito com isso qnd passa cobras na televisão eu começo a tremer saiu da sala me da falta de ar parece q a cobra ta perto d mim e eu n fico queta. Ate minha mae olha a casa toda esses dias minha vendo vendo um video aquele do labirinto normalmente eh um rosto horrível q aparece mas dessa vz n apareceu uma cobra horrível eu parecia q perdi os sentidos comecei a chorar tremer me da panico n vo em sitio morro d medo

    Resposta
  • 23/11/2016 em 10:26
    Permalink

    E não consigo nem pensar nesse bicho! em lugares que sei que pode haver eles eu nem durmo direito! Fico surtada, olhando embaixo das camas , armários, tudo! tenho verdadeiro pavor! Só de ter que falar delas já estou sentindo dificuldade na minha respiração e meu coração acelerado! Tive em minhas duas primeiras gravidez sustos com esses animais e quase perdi o bebê nas duas vezes! Não gosto nem de ver fotos e imagens! Gostaria que Deus não tivesse colocado esse bicho no mundo!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.