O que é Agorafobia? Sintomas e tratamento

Agorafobia – Definição

Agorafobia

Agorafobia é medo de espaços abertos, mas essa descrição pode ser enganosa. Agorafóbicos têm medo da ansiedade que ocorre em determinadas situações, como no trabalho, na escola ou em outros lugares fora da casa.

As pessoas que sofrem deste distúrbio psicológico experimentam um intenso medo de ser presos e incapazes de escapar de situações particulares. Para evitar o enfrentando desses sentimentos de pânico, os indivíduos com agorafobia podem evitar essas situações e tornarem-se inteiramente sozinhos em alguns casos.

As pessoas muitas vezes pensam que agorafobia é medo de sair de sua casa, mas também pode envolver o medo de estar sozinho em casa, viajar, medo de cômodos pequenos, elevadores, carros, ônibus, medo de aviões, medo de  pontes, e estar em uma loja lotada ou na 25 de Março no dia 24 de dezembro¹.

Aqueles com agorafobia evitam tais situações e exibem mudanças comportamentais.

Se passar por cima de pontes serve para acionar a ansiedade, o indivíduo pode planejar suas rotas e alterar seu caminho, a fim de evitar estradas com pontes, mesmo que isso signifique dar voltas enormes. A ansiedade desencadeada por shopping centers lotados pode levar uma pessoa a parar de sair com os amigos. Em alguns casos, estes comportamentos de fuga podem levar o indivíduo evitar sair e tornar-se praticamente preso na própria casa, a fim de evitar que possa ficar preso em situações tensas. Uma definição mais precisa da agorafobia  é ser tanto uma fobia quanto um distúrbio de ansiedade caracterizado por evitar situações que desencadeiam a resposta de estresse. Estima-se que um terço dos indivíduos que sofrem de transtorno do pânico também vão desenvolver agorafobia.

Enquanto o transtorno do pânico e agorafobia têm sintomas semelhantes, incluindo medo, ansiedade e ataques de pânico, a DSM os classifica como distúrbios separados. Os especialistas sugerem que o transtorno do pânico muitas vezes precede o início da agorafobia.

Sintomas de agorafobia

Indivíduos com agorafobia muitas vezes:

  • tem humor deprimido e exibem comportamentos ansiosos ou com medo.
  • Experimentam a ansiedade de lugares ou situações onde escapar pode ser difícil e podem sofrer de ataques de pânico.
  • Situações problemáticas comuns incluem estar fora de casa, viajando em um carro, atravessando uma ponte, ou estar em multidões.

Antes de diagnosticar, psicólogos precisam descartar outras doenças específicas, tais como fobias sociais, e estresse pós-traumático.

Tratamentos para agorafobia

  • Medicamentos psiquiátricos, tais como SSRIs e benzodiazepinas podem ter efeito no tratamento de agorafóbicos que também experimentam ataques de pânico. Os tratamentos tendem a ser mais eficazes quando combinados com terapia comportamental.
  • Dessensibilização sistemática também pode ser eficaz. Esta abordagem envolve gradual exposição a situações temidas da vida real.

Os sintomas de agorafobia podem ser intensos, assustadores e perturbadores. Devido a isso, a doença pode progredir rapidamente de comportamentos de fuga simples para prejudicar gravemente a vida de um indivíduo e capacidade de realizar suas atividades. Felizmente, o tratamento pode conduzir a bons resultados. Estratégias de psicoterapia, certos medicamentos, habilidades de enfrentamento, e técnicas de relaxamento podem ajudar aqueles que sofrem deste distúrbio a controlar com sucesso seus sintomas.

¹ Gracinha Adaptação do editor.

 
 

 

 

comprar livro freud analises de fobias menino hanslivro ansiedade fobias sindrome do panico comprar  medos fobias panico livro comprarcomprar livro tratando fobia panico depressao

 

 

 
 
 
 
 
 
 


DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D

CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/






SEJA PSICOATIVO TAMBÉM E COMENTA AÍ