Estímulo Neutro: Conceito, Definição, Exemplo, Pavlov #Psicologia

Estímulo neutro é parte do modelo do condicionamento clássico no campo da psicologia comportamental que indica que um estímulo provoca uma resposta, com estímulo neutro sendo assim chamado pois não fornece a resposta desejada em um sujeito. Este termo é usado principalmente quando um estímulo é concebido para provocar uma resposta reflexa.

Nick Vedros & Assoc. / The Image Bank / Getty Images
Nick Vedros & Assoc. / The Image Bank / Getty Images

Condicionamento clássico

Existem três outros elementos no modelo de condicionamento clássico, todos os quais são baseados na resposta reflexa a um estímulo.

Estímulo incondicionado é usado para descrever um evento onde um estímulo provoca uma resposta reflexa sem a necessidade de aprendizagem ou formação.

O estímulo neutro, que não gera qualquer resposta, é, então, associado ou emparelhado com o estímulo não condicionado, a fim de criar um estímulo condicionado.

O estímulo condicionado surge como resultado, o que significa que quando um estímulo condicional é apresentado, a resposta condicionada torna-se a mesma que a resposta não condicionada ao estímulo não condicionado.

Os cães de Pavlov são um excelente exemplo desse processo na prática. Inicialmente, o alimento fornece o estímulo não condicionado (com a resposta não condicionada sendo o cão salivar), enquanto o sino preenche o papel de estímulo neutro, uma vez que inicialmente não tem efeito sobre as reações dos reflexos dos cães. Uma vez que os cães são ensinados a associar o sino com a comida, o estímulo condicionado é criado, fazendo com que os cães passem a salivar ao som do sino, que agora associam com alimentos.


Fontes:





DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/


🔴 COMENTA AÍ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.