Estímulo incondicionado: Definição, exemplos e Pavlov (de novo)

O que é estímulo incondicionado?

Definição:

No condicionamento clássico, o estímulo incondicionado (EI) é aquele que incondicionalmente, provoca uma resposta natural e automática. Por exemplo, quando você cheira um de seus alimentos favoritos, você pode imediatamente sentir muita fome e salivar. Neste exemplo, o cheiro da comida é o estímulo não condicionado.

Pica pau é um ótimo exemplo de estímulo incondicionado
Pica pau é um ótimo exemplo de estímulo incondicionado

No experimento clássico de Ivan Pavlov com cães, o cheiro de comida era o estímulo incondicionado. Os cães em seu experimento sentiam o cheiro da comida, e então, naturalmente, começam a salivar em resposta. Esta resposta não requer aprendizagem, ela simplesmente acontece automaticamente.

Outro exemplos de estímulo incondicionado

  • Uma pena que irrita seu nariz faz com que você espirre. A pena que faz cócegas no seu nariz é o estímulo incondicionado.
  • Pólen de flores faz você espirrar. O pólen de flores é o estímulo incondicionado.
  • Em cada um destes exemplos, o estímulo incondicionado naturalmente desencadeia uma resposta incondicionada. Você não tem que aprender para responder.

 

Como a cronometragem impacta a Aquisição de Comportamento

A quantidade de tempo que passa entre a apresentação do estímulo inicialmente neutro e o estímulo incondicionado é um dos determinantes mais importantes da aprendizagem que venha a ocorrer. A temporização de como o estímulo neutro e o estímulo incondicionado são apresentados é o que influencia se uma associação será formada ou não, um princípio que é conhecido como a hipótese de congruência.

No famoso experimento de Ivan Pavlov, por exemplo, o tom do sino foi inicialmente um estímulo neutro, enquanto o cheiro de comida era o estímulo incondicionado.

Fazer o barulho perto da hora da apresentação do cheiro dos alimentos resulta em uma associação mais forte. Apresentar o estímulo neutro muito antes do estímulo incondicionado leva a uma associação muito mais fraca ou mesmo inexistente.

Diferentes tipos de condicionamento podem utilizar diferentes relações temporais com o estímulo neutro.

  • No condicionamento simultâneo, o estímulo neutro é apresentado ao mesmo tempo que o estímulo não condicionado. Este tipo de condicionamento leva a aprendizagem fraca.
  • No condicionamento anterior, o estímulo incondicionado é dado primeiro e o estímulo neutro é apresentado depois. Este tipo de condicionamento tende a resultados fracos.
  • No traço condicionado, o estímulo neutro é apresentado por breves instantes e, em seguida, interrompido, então o estímulo incondicionado é apresentado. Este tipo de condicionamento produz bons resultados.
  • No condicionamento retardado, o estímulo neutro é apresentado e continua enquanto o estímulo não condicionado é oferecido. Este tipo de condicionado produz os melhores resultados.

Veja também:

Resposta condicionada: Definição e exemplos

Resposta incondicionada: Definição e exemplos

Estímulo condicionado: Definição, exemplos, Pavlov



DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/


🔴 COMENTA AÍ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.