A coisa mais tranquilizadora para alguém com fobias, medos e ansiedade

Medo e ansiedade são emoções que podem prendê-lo, mas enfrentá-las pode ajudar, explica um psicólogo clínico.

Fobias e ansiedades, tais como ansiedade social, são melhor tratadas quando enfrentadas.


mulher-ansiedade-medo

Não é fácil, mas se feito passo-a-passo a maioria das pessoas pode aprender a lidar com ansiedades e medos – e até mesmo superá-los.

Dr Suma Chand, um psicólogo clínico que ajuda as pessoas com fobias, diz:

“A coisa mais reconfortante que eu posso dizer a alguém sobre o medo é o seguinte: Todas as emoções mudam. Você nunca vai ficar em um estado de pânico para o resto de sua vida. Persevere, e o medo vai se dissolver. “

Medo e ansiedade são emoções que podem prendê-lo, diz o Dr. Chand:

“Quanto mais você alimentá-lo, mais forte ele cresce. O medo aprisiona as pessoas. O medo coloca você em uma caixa. Seu mundo fica menor e menor. Depois de um tempo, você está evitando o desconforto do próprio medo, em vez de a coisa que você teme. Quando você evita as coisas que você teme você se sente seguro e confortável e você não quer fazer nada que vai abalar este casulo seguro de conforto. No entanto, você paga um preço pesado – sua liberdade para viver a sua vida da maneira que você realmente quer viver “.

Um dos pacientes do Dr. Chand tinha exatamente esta experiência:

“Eu vi uma senhora idosa que teve uma queda e quebrou o quadril. Foi muito traumático para ela. Depois de se recuperar, ela não queria que essa experiência se repetisse. Ela tornou-se muito cautelosa e evitava andar em qualquer lugar onde havia uma possibilidade de queda. Evitar a fez se sentir segura, mas fez seu medo crescer. Ela parou de ir ao shopping e yoga, tudo o que ela gostava. Suas interações sociais tornaram-se restritas quando ela começou a ficar mais em casa, e evitar suas atividades favoritas, porque ela estava com muito medo da queda. Ela começou a se sentir fraca e sem esperança e se viu isolada.

O tratamento para enfrentar o medo é feito de um modo que não sobrecarrega o paciente. A abordagem gradual fez esta paciente se sentir menos sobrecarregada e também mais disposta a enfrentar seu medo. Uma vez que ela começou a alcançar o sucesso em enfrentar seu medo e reconheceu que o que ela temia não estava acontecendo. Logo, ela estava bem e de volta para suas atividades novamente.”

Dr. Chand descreve como tratar medos:

“A hora de tratar um medo é quando você achar que ele está causando-lhe muito sofrimento e que está afetando sua vida de uma forma significativamente negativa. Por exemplo, muitas pessoas tem medo de cobras, que, naturalmente, podem ser perigosas. Mas elas não estão preocupadas com esse medo e não acham que está prejudicando muito suas vidas. Por outro lado, algumas pessoas tem medo de gatos (Hitler, Mussolini e Napoleão, por exemplo), que é uma fobia que pode causar muito dano. Essas pessoas podem encontrar-se regularmente em pânico por visitas a casas de amigos se eles têm gatos e assim começam a evitar tais situações “.

Fobias sociais são extremamente comuns e as pessoas que vivem com elas, muitas vezes, se sentem muito ansiosas sobre todos os tipos de situações sociais.

Dr. Chand diz:

“Eu tive uma paciente que tinha fobia social … […] Pedi-lhe para olhar para suas escolhas. Se ela escolhesse em entrar em situações que temia em etapas graduais havia uma chance de que ela iria conseguir superar o problema. No entanto, se ela viesse a optar pela escolha de evitá-los, à ela foi garantido que nada mudaria. A boa notícia é que ela optou por enfrentar seus medos e desafiar seus pensamentos de medo. Hoje ela está namorando alguém e eles estão bem e a caminho para um relacionamento de longo prazo “.

Leia também: 7 perguntas frequentes sobre fobia social


Crédito da imagem: Kevin Gebhardt

Traduzido e adaptado do original do Psyblog.


Quer ler o site sem anúncios + conteúdo exclusivo?
☆ Assine o Psicoativo Premium





Um comentário em “A coisa mais tranquilizadora para alguém com fobias, medos e ansiedade

  • 12/03/2017 em 17:37
    Permalink

    Ultimamante estou com medo de ficar soh .e quando minha filha fala em sair ja fico apreenssiva .o que faco

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.