Podofobia (Medo de pés): Sintomas, causas, tratamentos

Podofobia – Fobia de pés


Para a maioria das pessoas, o medo de pés (podofobia) pode soar estranho ou bizarro. No entanto, Podofobia existe e é uma fobia específica bastante comum que afeta muitas pessoas em todo o mundo.

A palavra podofobia se origina do grego ‘podos’, significando pés.

Já “phobos” significa medo, temor, pavor.

Pessoas com podofobia tendem a ficar incomodadas ao ver pés. Diferentes pessoas experimentam podofobia de forma diferente: alguns não gostam quando os outros olham para os pés ou toquem neles. Ainda outros se sentem ansiosos ou com medo de seus próprios pés. Muitos não gostam de ouvir, ler, falar ou até mesmo ver os seus próprios pés.

A podofobia pode ser prejudicial para a saúde e bem-estar do doente. Como exemplo, muitas vezes, ele se recusa a tirar os sapatos ou meias preferindo mantê-los mesmo durante o sono. Isto pode levar a infecções fúngicas, alergias e outras condições médicas.

Vamos estudar os sintomas, causas e tratamento para medo de pés em detalhes.

Origens ou causas do medo de pés (podofobia)

Ninguém sabe ao certo por que o medo de pés ocorre.

  • Alguns especialistas acreditam que uma experiência traumática ou negativa no passado, que tinha a ver com os pés, pode ter provocado a podofobia. Uma criança pode se lembrar sendo chutada repetidamente por uma pessoa mais velha ou irmão e, portanto, vir a odiar intensamente ou não gostar de pés . Em tais casos, o podofóbico tende a ficar irritado, ansioso ou extremamente assustado com a visão dos pés descalços de outras pessoas.
  • Alguns médicos acreditam que o medo de pés pode ter sido herdado ou ter causas genéticas. Às vezes, pode simplesmente existir sem quaisquer razões explicáveis.
  • Condições de pé como joanetes dolorosos também podem levar a ter medo da dor nos pés, e assim da própria parte do corpo afetada. Em alguns casos, estas condições podem ser ligadas a podofobia.
  • De um modo geral, as pessoas que tendem a ser tensas, muito ansiosas ou que estão tendo algum tipo de deficiência adrenal também podem adquirir podofobia.

Os sintomas da podofobia

Como é o caso com outras fobias, podofobia também pode ser persistente. O doente pode experimentar muitos sintomas físicos ou psicológicos, apesar de saber que os pés não são nocivos ou perigosos. No entanto, ele é absolutamente impotente para superar o medo e suas consequências:

  • Falta de ar, batimento cardíaco acelerado, ou palpitações com a visão ou pensamento sobre pés
  • Medo extremo ou ansiedade que leva a imagens constantes sobre os pés na mente do fóbico
  • Sudorese, agitação ou tremor
  • Desconforto gastrointestinal, náuseas
  • Tonturas e desmaios
  • Cobrir constantemente os pés ou pedir outras pessoas para cobrir os deles
  • Recusar-se a falar sobre pés ou até mesmo temas relacionados a eles, como sapatos ou meias

Em alguns casos, a podofobia pode ser tão grave que o indivíduo pode associar os pés à possibilidades extremas e ter medo da morte. Isso pode, naturalmente, ser contraproducente para o progresso e impactar a vida do dia a dia severamente. A fobia pode retirar a pessoa de interações sociais e atrapalhar suas amizades e relacionamentos.

Tratamento para podofobia / Como perder medo de pés

Em qualquer caso de fobia que está afetando a vida diária, é essencial procurar ajuda médica/psicológica.

  • A maioria dos terapeutas recomendam dessensibilização gradual para perder o medo de pés. Isso envolve lentamente expor-se a fotos ou imagens de pés. Isto pode ser seguido por tocar os pés ou permitir à outras pessoas tocar neles.
  • Pessoas que tem medo dos seus próprios pés também são incentivadas a fazer visitas regulares à pedicures. Isso pode ajudá-las a racionalizar a sua podofobia.
  • Hipnoterapia pode ajudar a entrar na mente do sofredor e descobrir as raízes da fobia. Isso pode ajudar uma pessoa se tornar mais confortável com os pés, enfrentando o medo extremo.
  • Medicação e meditação também são prescritas como parte da terapia, para ajudar a reduzir a ansiedade resultante da podofobia.

Outros tratamentos para curar podofobia incluem a terapia cognitivo-comportamento, programação neurolinguística, psicoterapia e mesmo livros de auto-ajuda e técnicas para praticar sozinho. É importante que o indivíduo se mantenha determinado a enfrentar o problema e não apenas fugir dele, já que nesse caso é importante para o bem estar perder o medo de pés definitivamente.

 

 





DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/


🔴 COMENTA AÍ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.