Deslocamento – Mecanismo de defesa da Psicanálise de Freud

Descrição de deslocamento na Psicologia Freudiana

O deslocamento como mecanismo de defesa é o deslocamento de ações de um alvo desejado para um alvo substituto quando há alguma razão em que o primeiro alvo não seja permitido ou não disponível.

O deslocamento pode envolver manter a ação e simplesmente mudar o alvo dessa ação. Onde isso não for viável, a própria ação também pode mudar. Sempre que possível o segundo alvo será semelhante a meta original de alguma forma. Fobias também podem usar o deslocamento como um mecanismo para a libertação de energia que é causada por outros meios.

deslocamento

Exemplos de deslocamento (mecanismo de defesa)

  • O patrão fica com raiva e grita comigo. Vou para casa e grito com a minha esposa. Ela, então, grita com o nosso filho. Como ele não tem ninguém para deslocar a raiva, ele vai e chuta o cachorro.
  • Um homem ganha na loteria. Ele se vira para a pessoa ao lado dele e dá um grande beijo na pessoa .
  • Um menino tem medo de cavalos. Pode ser um medo deslocado de seu pai.
  • Eu quero falar em uma reunião, mas não consigo obter a palavra. Em vez disso, eu começo a rabiscar furiosamente.
  • Uma pessoa religiosa que está frustrada sexualmente concentra sua atenção na comida, tornando-se uma chef gourmet.
  • Uma mulher, rejeitada por seu namorado, sai com outro homem ‘no rebote’.

Discussão

O deslocamento ocorre quando o Id quer fazer algo que o Superego não permite. O Ego encontra assim alguma outra maneira de liberar a energia psíquica do Id. Assim, há uma transferência de energia a partir de uma catexia reprimida de objeto para um objeto mais aceitável.

Ações tendem a ser deslocadas para áreas ou assuntos relacionados. Se eu quero gritar com uma pessoa, mas sinto que eu não posso, então vou gritar com alguém que eu sei que não vai me jogar um piano, embora isso ainda possa acontecer se não há outra maneira de libertar minha raiva.

Os deslocamentos são frequentemente mecanismos bastante satisfatórios e viáveis para liberar a energia de forma mais segura. Os sonhos podem ser interpretados como o deslocamento de tensões armazenadas em outras formas (os sonhos são muitas vezes altamente metafóricos).

O deslocamento é um dos mecanismos de defesa originais de Anna Freud.

E daí?

  • Quando as pessoas fazem coisas estranhas, pense com elas para descobrir se existem outros locais de onde elas estão deslocando a sua energia – então lide com a razão real, não com a razão deslocada.
  • Dê atenção a seus próprios deslocamentos. Você provavelmente tem muitos, assim como a maioria de nós.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.