Tédio Sensorial: Truque para Perder Peso Surpreendente e Contraintuitivo

O mais improvável truque para perda de peso revelado por experimento de Psicologia

Esta é certamente uma das mais contraintuitivas dicas de dieta de todos os tempos.

Leia também:

Olhar para infinitas imagens de alimentos pode tornar menos agradável comer, um estudo recente descobriu.

Enquanto algumas fotos podem aumentar o apetite, ao contrário do que seria de esperar, as pessoas realmente “perdem o gosto” de olhar para um monte de fotografias de alimentos.

Professor Ryan Elder, que liderou o estudo, que está publicado na Journal of Consumer Psychology, disse:

“De certa forma, você está se tornando cansado ​​do gosto, mesmo sem comer a comida. É o tédio sensorial (…) Você não quer mais a experiência do gosto.”

O que acontece é que cada vez que você olha para outra fotografia de um pouco de comida, você pode ter menos prazer com isso. Como o primeiro gosto de mousse de chocolate que lhe dá um frisson, a primeira fotografia aguça o apetite. Mas cada foto seguinte – como cada bocado subsequente de mousse – é cada vez menos emocionante, até que você fica enjoado dele.

A “dieta do Instagram”

No estudo, centenas de pessoas olharam e avaliaram imagens de alimentos ( Larson et al., 2013 ). Um experimento teve metade dos participantes olhando fotos de alimentos salgados, como batatas fritas e pretzels, enquanto a outra metade olhou para alimentos doces como sorvete e chocolate. Depois, eles classificaram seu prazer de comer alimentos, tanto salgados quanto doces.

As pessoas que tinha olhando para alimentos salgados deram mais baixas classificações de prazer para os alimentos salgados e pessoas que tinha olhando para fotos de doces deram classificações mais baixas para os alimentos doces.

O estudo descobriu que quanto mais imagens olhamos, menos prazer temos a partir de alimentos relacionados.

Professor Elder explicou:

“Você tem que olhar para um número razoável de imagens para obter estes efeitos. Não é como se você olhasse para algo duas ou três vezes e tivesse esse efeito de ficar saciado.

Isso é uma boa notícia para os amantes de fotos de comida, porque, vamos ser honestos, mostrar a todos a comida incrível que você está comendo é realmente cool.”

Para aqueles que tentam melhorar o seu prazer, em vez de reduzi-lo, o co-autor, Jeff Larson, tem o seguinte conselho:

“Se você quiser desfrutar da sua experiência de consumo de alimentos, evite olhar para muitas fotografias de alimentos. Até eu me senti um pouco mal do estômago durante o estudo depois de olhar para todas as imagens de doces que tinha.


Via Psyblog.





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.