4 Dicas de Como superar a Timidez em qualquer ambiente social

Aprenda 4 estratégias para perder a timidez, melhorar sua aptidão social e construir mais relacionamentos

A pesquisa mostra que a timidez é mantida através de um ciclo vicioso, onde as pessoas tímidas abordam a situação social, sentem o medo excessivo de avaliação negativa, em seguida, evitam a situação, o que fornece inicialmente alívio, no entanto, isso muitas vezes leva a sentimentos de vergonha e culpa. A fim de lidar com esses sentimentos, as emoções negativas podem se transformar em raiva e culpa em relação aos outros, onde os outros podem ser vistos como insensíveis ou insuportáveis, o que reforça ainda mais o desejo de evitar. Dado que “habilidades sociais”, como qualquer outro conjunto de habilidades, é algo que se desenvolve ao longo do tempo, a prevenção de situações sociais pode levar a ficar socialmente “fora de forma.” 1
Leia também:

Fobia Social - Transtorno de ansiedade social

Abaixo estão algumas maneiras que você pode aumentar sua aptidão social:

1. Fazer planos de sucesso

Timidez, ao contrário de introversão, que está associada a ser quieto e reservado, é caracterizada por uma forte tendência a superestimar o controle negativo. Há um tremendo medo de que outros vão avaliá-lo de forma negativa e, portanto, uma boa parte do pensamento em um ambiente social é gasto em como não fazer algo errado, em vez de como fazer algo certo.

Uma boa maneira de reduzir a sua ansiedade é gastar mais tempo pensando sobre o que você poderia fazer para tornar a situação social um sucesso. Se você se preocupa em fazer pequenas conversas, faça algumas perguntas que ajudam a gerar alguns tópicos interessantes – Quais são alguns eventos atuais que eu poderia trazer? O que tem acontecido recentemente em minha vida que me sinto confortável em compartilhar? O que eu tenho em comum com as outras pessoas que estarão lá?

Expor-se ao seu medo é a melhor maneira de superá-lo, no entanto, também é importante sentir que você está no controle. Se você sabe que tem uma estratégia de saída para o pior cenário, então você não vai se sentir preso.

2. Seja curioso sobre os outros

O primeiro princípio do lendário livro de Dale Carnegie, “Como fazer amigos e influenciar pessoas“, é tornar-se genuinamente interessado em outras pessoas. Ele baseia este ponto nos escritos de Alfred Adler, colega de Sigmund Freud e criador da Psicologia Individual, que escreveu: “É o indivíduo que não está interessado em seus companheiros que tem as maiores dificuldades na vida.”

Para as pessoas tímidas o foco em qualquer ambiente social é muitas vezes em si mesma. Tente tirar o foco de si mesmo e, em vez disso focar em ser curioso sobre os outros. Quem são e por que eles estão lá? Quais são seus interesses e hobbies? Isso lhe dá algo diferente para se concentrar e ajuda a gerar conversas. Todo mundo tem uma história para contar, descubra o que é e então é sentar e ouvir. As pessoas amam falar de si. A maneira de ser a pessoa mais interessante na sala é encontrar outras pessoas interessantes.

3. Dê a si mesmo um papel

Muitas das pessoas socialmente tímidas com quem eu trabalhei são indivíduos bem-sucedidos, como médicos, advogados, professores e donos de empresas. Eles costumam comentar sobre como eles se sentem confiantes no trabalho, mas assim que eles entram em uma situação em que o seu papel não é definido por seu trabalho eles perdem a sua auto-confiança.

Ter um papel lhe dá um senso de propósito e diretrizes para como você deve se comportar. A maioria das pessoas em qualquer ambiente quer se sentir querida e aceita. Como outra estratégia para tirar o foco de si mesmo, peço aos meus clientes para dar-se o papel de fazer outras pessoas se sentirem da maneira que eles gostariam de sentir. Como parte do seu plano para que a situação seja bem sucedida, escolha um trabalho para si mesmo, como por exemplo, “é meu trabalho ajudar as pessoas a se sentirem interessantes ou queridas, ou “é meu trabalho fazer as pessoas se sentirem bem-vindas”.

4. Suavize seu diálogo interno.

As pessoas tímidas muitas vezes são altamente críticas de si mesmas e seu diálogo interior é muitas vezes muito duro. Elas dizem coisas para si mesmas que nunca ousariam dizer a outras pessoas. Quando você se julga rispidamente, é mais provável que você pense que os outros o julgarão da mesma maneira. Seu crítico interno pode causar uma série de danos emocionais, ele rouba-lhe a sua paz de espírito e auto-estima.

A melhor maneira de derrotar o crítico interior é ter um aliado ainda mais forte do seu lado. Você precisa fazer crescer uma voz interior que age como seu próprio melhor amigo. Para fazer isso, é importante começar a perceber as coisas boas sobre si mesmo e aprender a conversar com o crítico interior. Quando seu crítico interno começa a te culpar por estar com medo, lembre-se que não há uma única pessoa neste planeta que gosta de rejeição, mas de alguma forma todos conseguem sobreviver a isso, às vezes. Quando seu crítico interior começa a dizer-lhe que ninguém nunca vai gostar de você, lembre-se que gostar de si é o que mais importa. Aprendendo a conversar consigo mesmo de uma forma mais gentil, as situações sociais não terão tanto poder para machucá-lo, porque você não estará se punindo.

Timidez é algo que não tem que te derrotar. Cada situação social que você colocar-se é um mini-treino de habilidades sociais. Quanto mais você fizer isso, melhor você ficará. Se a sua timidez é mais grave existem tratamentos muito eficazes para a ansiedade social que incluem terapias e, em alguns casos, medicação. Por isso, se você sente que pode se beneficiar, pode ser de seu interesse se consultar com um psicólogo ou psiquiatra.


Referências

1. Henderson, Lynne. Helping Your Shy and Socially Anxious Client: A Social Fitness Training Protocol Using CBT. New Harbinger Publications, 2014.




DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/


🔴 COMENTA AÍ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.