Dieta mediterrânea: 10 alimentos que melhoram a memória

Melhorias na memória de trabalho, memória de longo prazo, função executiva e mais …

A dieta mediterrânea pode melhorar sua memória, não importa onde você vive ou qual sua idade, mostra nova pesquisa.

cerebro-vegetais

Uma revisão de 18 estudos separados realizados ao longo de 5 anos descobriu que a memória foi particularmente afetada positivamente pela dieta mediterrânea. As pessoas na ‘MedDiet’ viram melhorias na sua memória de trabalho, memória de longo prazo e memória visual, descobriram os pesquisadores. Os efeitos positivos também foram vistos em atenção e linguagem.

Aqui estão dez ingredientes típicos da Dieta mediterrânea:

  • Vegetais de folhas verdes,
  • outros vegetais,
  • bagas (berries),
  • grãos,
  • Feijões,
  • grãos integrais,
  • peixe,
  • aves domésticas
  • azeite
  • vinho.

A dieta mediterrânea também tem relativamente pouca carne vermelha, poucos laticínios e usa azeite de oliva como a maior fonte de gordura.

Sr. Roy Hardman, o principal autor do estudo, disse:

“O resultado mais surpreendente foi que os efeitos positivos foram encontrados em países ao redor do mundo inteiro. Portanto, independentemente de estar localizado fora do que é considerado a região do Mediterrâneo, os efeitos cognitivos positivos de uma maior aderência a uma dieta mediterrânea foram semelhantes em todos os artigos avaliados “.

Sr. Hardman prosseguiu:

“Por que uma maior aderência à dieta mediterrânea é relacionada à desaceleração da taxa de declínio cognitivo? A MedDiet oferece a oportunidade de mudar alguns dos fatores de risco modificáveis. Estes incluem a redução de respostas inflamatórias, aumento de micronutrientes, melhora em desequilíbrios de vitaminas e minerais, alteração dos perfis de lípidos utilizando azeite como a principal fonte de gorduras da dieta, a manutenção do peso e, potencialmente, redução da obesidade, melhora de polifenóis no sangue, melhora do metabolismo da energia celular e talvez mudança na micro-biota do intestino, embora isto não tenha sido examinado em maior medida ainda “.

Os benefícios da dieta mediterrânea para a memória se estendem dos jovens aos idosos, descobriram também os pesquisadores.

Sr. Hardman disse:

“Eu, portanto, recomendo às pessoas experimentar a aderir ou mudar para uma MedDiet, mesmo em uma idade mais avançada. Eu sigo os padrões de dieta e não como qualquer carne vermelha, frango ou porco. Como peixe duas a três vezes por semana e aderi a um estilo mediterrânico de comer “.

O estudo foi publicado na revista Frontiers in Nutrition , ( Hardman et al., 2016 ).


Imagem “Vegetable brain” do Shutterstock

Traduzido e adaptado do original do Psyblog.



DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/


🔴 COMENTA AÍ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.