Transtorno Bipolar: Sinais, adolescentes, drogas, Sintomas e Tratamento

Transtorno bipolar: sinais de alerta

 Uma pessoa com transtorno bipolar normalmente irá experimentar extremas mudanças de humor, de períodos de mania para depressão. Estes períodos de alta e baixa podem durar várias semanas ou meses.

O transtorno bipolar e abuso de substâncias

Abuso de substâncias geralmente complica o diagnóstico e tratamento de transtorno bipolar. Algumas pessoas com transtorno bipolar também fazem uso de drogas ou álcool. Os que fazem uso de substâncias geralmente têm transtorno bipolar mais grave ou mal controlado.


Substâncias como o álcool e a cocaína também podem obscurecer a percepção do transtorno bipolar. Por exemplo, as pessoas que usam cocaína podem aparecer maníacas quando não estão. Muitas pessoas fazem uso de drogas e álcool como uma forma de lidar com os sintomas do transtorno bipolar. Por sua vez, o abuso de substâncias pode tornar episódios bipolares (mania e depressão ) mais frequentes ou graves.

Transtorno Bipolar - mania e depressão

Será que um adolescente tem transtorno bipolar?

O transtorno bipolar geralmente começa a mostrar-se no final da adolescência. O transtorno bipolar na adolescência é grave; é muitas vezes mais grave do que em adultos. Adolescentes com transtorno bipolar costumam apresentar maior risco de suicídio.

Infelizmente, transtorno bipolar em adolescentes não é frequentemente diagnosticado e tratado. Isto é em parte porque, embora os sintomas podem começar na adolescência, muitas vezes eles não cumprem todos os critérios para o transtorno bipolar.

Os sintomas de transtorno bipolar em adolescentes pode ser incomuns – não uma simples “depressão maníaca”. Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), transtornos de ansiedade e abuso de substâncias também estão frequentemente presentes, confundindo o diagnóstico.

Alguns sintomas que sugerem que um adolescente pode ter transtorno bipolar são:

  • Raiva e agressão
  • rebeldia
  • Choro fácil, tristeza frequente
  • Irritação
  • comportamento impulsivo
  • Mau humor
  • Confusão e falta de atenção

Outros sintomas possíveis incluem se sentir preso, comer em excesso , excesso de preocupação e ansiedade .

É importante lembrar que estes sintomas podem ocorrer em muitos adolescentes e adultos saudáveis. A hora para se preocupar é quando eles formam um padrão ao longo do tempo, interferindo com a vida diária. Crianças com sintomas que sugerem transtorno bipolar deve ser vistas por um psicólogo ou psiquiatra.

Como prevenir a doença bipolar

Enquanto transtorno bipolar não pode ser evitado, é importante estar ciente dos sinais de alerta de um episódio iminente de depressão bipolar ou mania bipolar. O reconhecimento precoce dos sinais de alerta do transtorno bipolar, assim como ver o seu médico regularmente, pode permitir que você monitore o seu humor e tenha uma maior controle.

Transtorno bipolar tem cura?

Não há cura para o transtorno bipolar, mas através da terapia de comportamento e a combinação certa de estabilizadores de humor e outros remédios para transtorno bipolar, a maioria das pessoas com pode viver normalmente uma vida produtiva. Dito isto, o transtorno bipolar é um distúrbio crônico que carrega um grande risco de episódios recorrentes. Tomar medicamentos prescritos e manter consultas médicas/psicológicas é fundamental para a auto-gestão do transtorno bipolar e prevenção de episódios graves. Encorajamento e apoio contínuo são necessários depois que uma pessoa começa o tratamento. Na verdade, há pesquisas mostrando que a disponibilidade de sistemas de apoio social aumentam as chances de emprego em pessoas com transtorno bipolar em comparação com aqueles pacientes sem apoio.


Quer ler o site sem anúncios + conteúdo exclusivo?
☆ Assine o Psicoativo Premium





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.