Função simbólica – Piaget

Função simbólica na Psicologia de Piaget

Função simbólica é um termo de Jean Piaget para a capacidade de usar representações mentais à que se atribuem  significados. Essas representações mentais podem ser palavras, números ou imagens.

Religião diminui altruísmo
“Tudo meu”

Exemplo de função simbólica:

Uma criança diz “quero sorvete” SEM nenhum estímulo sensorial para pensar nisso. Ela não viu a geladeira aberta, não viu um comercial na televisão. A criança não precisa mais desse estímulo sensorial para ter o pensamento de querer o sorvete, pois ela já consegue lembrar do sorvete, do sabor e da sensação provocada por ele, e então ela procura isso intencionalmente.

Função simbólica é a capacidade de usar símbolos e representações mentais com significados. Isso torna possível, por exemplo, ler mapas e guardar fotos de pessoas queridas distantes. Os símbolos permitem à criança a lembrança de coisas que não estão presentes fisicamente.

Função simbólica, imitação diferida, brincadeiras de faz de conta e linguagem

Crianças em idade pré-escolar demonstrar a função simbólica através do aumento da imitação diferida, de brincadeiras de faz de conta e da linguagem.

Imitação diferida é baseada na retenção de representações mentais de objetos observados anteriormente.

Brincadeiras de faz de conta, também chamadas de jogo de fantasia, jogo dramático ou jogo imaginativo são formas que a criança usa para simbolizar, por exemplo, uma pessoa através de um objeto como uma boneca.

Linguagem usa um sistema de símbolos (palavras) para comunicação.


Referências:

Desenvolvimento Humano - Diane E. Papalia e ‎Ruth D. Feldman


DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/


🔴 COMENTA AÍ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.