Anima e Animus na psicologia de Jung

Anima e animus são dois grandes arquétipos do inconsciente na psicologia analítica que foi desenvolvida por Carl Jung. Um arquétipo na psicologia analítica junguiana é uma identidade subjacente simbólica ou um sonho que todos os seres humanos tem que representa medos ou ideias que todos nós experimentamos.

A anima representa as tendências psicológicas femininas no inconsciente masculino. O animus representa as tendências psicológicas masculinas no inconsciente da mulher . O arquétipo do inconsciente masculino exprime e se identifica com a anima, enquanto o arquétipo feminino inconsciente exprime e se identifica com o animus.  Anima e animus são fortalecidos pelo inconsciente coletivo (que é a inconsciência partilhada por todos os seres humanos) e influenciados por experiências individuais.

arquétipo anima animus





Um comentário em “Anima e Animus na psicologia de Jung

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.