Deletar Facebook te deixa mais feliz, diz novo estudo

A fim de realmente ver como as redes sociais, especificamente o Facebook, influenciam a nossa sensação de bem-estar, o Instituto de Pesquisa de Felicidade conduziu um estudo com 1.095 usuários do Facebook:

  • 94% acessam Facebook todo dia
  • 86% acessam Facebook freqüentemente ou muito freqüentemente
  • 78% usam Facebook 30 minutos ou mais por dia

Os pesquisadores entrevistaram os participantes sobre seu uso do Facebook, em seguida, dividiram-os em dois grupos para um experimento. Ao grupo (grupo controle) foi dito para continuar usando o Facebook a maneira que faria normalmente, e outro grupo (grupo de tratamento) foi solicitado não usar o Facebook por uma semana inteira.

No final dos sete dias, 88% do grupo de tratamento (aqueles que ‘deletaram Facebook’) relataram sentir-se felizes em comparação com os 81% do grupo de controle. O grupo de tratamento também relatou se sentir mais entusiasmado, mais decisivo, com menos tempo perdido, e que se sentiam gostando mais da vida.

O grupo controle (ainda conectado ao Facebook) era 55% mais propenso a se sentir estressado, com experiência dificuldade de concentração, e descreveu sentimentos de solidão. Os pesquisadores chegaram à conclusão de que esses sentimentos negativos foram provavelmente causados por inveja, através do Facebook.

facebook-dislike

O estudo indicou que:

  • 5 em cada 10 pessoas invejam outras pessoas no Facebook, pelas suas supostamente muito interessantes experiências postadas no site
  • 1 em cada 3 pessoas invejam o quão feliz outras pessoas parecem no Facebook
  • 4 dos 10 invejam o aparente sucesso de outras pessoas no Facebook

“O principal ponto deste estudo é a conscientização sobre os aspectos negativos que as comparações sociais têm, e como devemos estar conscientes de como Facebook e mídias sociais afetam a maneira como nós avaliamos nossas vidas”, disse Wiking.

“Em vez de depender de Facebook para me mostrar como o bom ou o chato, eu deveria tentar gastar menos tempo com isso e me concentrar em fazer minha própria felicidade.”

Christine Schoenwald para YourTango.com




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.