Exercício físico melhora a cognição em pacientes com esquizofrenia

Déficits cognitivos são comuns entre pessoas com esquizofrenia. Tendo em conta os benefícios cognitivos conhecidos de exercícios físicos, é possível que eles possam ser úteis para contrabalançar os efeitos cognitivos da esquizofrenia.


psicologia esportiva

Para avaliar esta hipótese, foi realizada uma meta-análise de todos os ensaios clínicos controlados que investigam os resultados cognitivos de intervenções de exercícios na esquizofrenia. Os resultados foram publicados no Schizophrenia Bulletin e mostraram que o exercício melhorou significativamente cognição, incluindo a memória de trabalho, cognição social e atenção / vigilância. Intervenções que foram supervisionadas por profissionais de atividade física foram mostradas sendo mais eficazes. Este estudo indica, assim, que o exercício físico regular pode ser benéfico e tem potencial terapêutico para indivíduos com esquizofrenia.


Referências:

Firth J, et al (2016). Aerobic Exercise Improves Cognitive Functioning in People With Schizophrenia: A Systematic Review and Meta-Analysis. Schizophr Bull [Epub ahead of print]. doi:10.1093/schbul/sbw115

Via Brain Blogger


Quer ler o site sem anúncios + conteúdo exclusivo?
☆ Assine o Psicoativo Premium





Um comentário em “Exercício físico melhora a cognição em pacientes com esquizofrenia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.