O inesperado efeito negativo do pensamento positivo sobre a saúde mental

Sonhar com eventos positivos no futuro faz você se sentir melhor agora, mas pode fazer você se sentir pior mais tarde, diz nova pesquisa.

As pessoas que mais pensavam positivo sobre o futuro, tinham mais sintomas depressivos até sete meses depois, segundo o estudo. Os resultados batem de frente com o conselho onipresente da auto-ajuda para “pensar positivo”.


mulher olhos azuis surpresa

Professor Gabriele Oettingen, que liderou a pesquisa, disse:

“Nossas descobertas sugerem que o mais agradável e útil das fantasias positivas é para o humor depressivo do momento, mas elas podem ser problemáticas e complicadas ao longo do tempo.”

A razão para o efeito perigoso do pensamento positivo pode ser até a falta de esforço. Pessoas que fantasiam sobre o futuro tendem a colocar menos esforço quando o amanhã se torna hoje.

“O problema com pensamentos positivos é que eles permitem-nos antecipar sucesso aqui e agora. No entanto, eles não nos alertam para os problemas que podemos ter que enfrentar ao longo do caminho e podem nos deixar com menos motivação, afinal parece que nós já atingimos o nosso objetivo “.

As expectativas importam mais que fantasias. Você espera ir bem na prova porque você foi bem em provas anteriores, você espera encontrar outro parceiro, porque você conseguiu encontrar o seu último parceiro, e assim por diante.”

Naturalmente, então, são as expectativas que antecedem o sucesso, como um estudo anterior descobriu:

“… Expectativas positivas foram associadas com sucesso. Pessoas que tinham expectativas positivas sobre encontrar um parceiro, se recuperar rapidamente de cirurgia e passar em uma prova foram melhores do que aquelas cujas expectativas foram negativas. “

Os autores do novo estudo escrevem:

“A era moderna é marcada por um impulso para o pensamento positivo sempre, e o mercado de auto-ajuda alimentado pela confiança em tal pensamento positivo é uma indústria de 9,6 bilhões que continua a crescer. Nossos resultados levantam questões sobre os custos deste mercado a longo prazo para bem-estar das pessoas e para a sociedade como um todo”.


O estudo foi publicado na revista Psychological Science  ( Oettingen et al., 2016).

Via Psyblog


Quer ler o site sem anúncios + conteúdo exclusivo?
☆ Assine o Psicoativo Premium


2 comentários

  1. Fabio Responder

    Lena, compartilho contigo da mesma questão. Não ficou claro, pelos estudos, o que poderia ser feito então como sobreposição aos efeitos dos pensamentos positivos.

  2. Tiago Azevedo Autor do postResponder

    Em quatro estudos, os pesquisadores examinaram como as pessoas pensavam sobre determinados desafios. Eles mediram o quanto elas fantasiavam sobre um resultado positivo e quanto eles esperavam um resultado positivo.

    A diferença pode parecer relativamente trivial, mas não é. As expectativas são baseadas em experiências passadas. Você espera ir bem na prova porque foi bem em provas anteriores, você espera encontrar outro parceiro porque você conseguiu o seu último parceiro, e assim por diante.

    Esperar na expectativa = “eu sou capaz, provavelmente irei bem”
    Esperar na fantasia = “eu quero passar na prova, eu quero passar na prova, eu quero passar na prova…”

    Esperar na expectativa = “Eu espero ir bem na prova porque estudei bastante”
    Esperar na fantasia = “Eu espero ir bem na prova porque eu quero ir bem na prova”

    As expectativas são construídas em bases sólidas, enquanto fantasias positivas são muitas vezes construídas sem ter sustentação.

    Isso não quer dizer que pensar positivamente sobre o futuro é problemático ou que a fantasia em si é perigosa, só que um certo tipo de pensamento positivo (fantasia) está associado com pior desempenho.

    Dá pra dizer que expectativas se baseiam em autoconfiança, que se baseia em desempenhos passados, enquanto a fantasia não se baseia em nada, é apenas “pensar positivo e querer que coisas boas aconteçam”.

    Espero ter conseguido explicar. Caso contrário, nesse post tem uma explicação mais completa sobre expectativa x fantasia:

    http://www.spring.org.uk/2011/01/success-why-expectations-beat-fantasies.php

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.