Motivos de traição para Homens e Mulheres: Personalidade e Relação

Homens e mulheres traem seus parceiros por diferentes razões, descobre pesquisa.

Os homens que são “arriscadores”, facilmente excitados sexualmente, ou aqueles que têm ansiedade de desempenho são mais prováveis ​​de trair, de acordo com a pesquisas.

Para as mulheres, o padrão é diferente. As mulheres são motivadas mais por seus níveis de felicidade e satisfação com o relacionamento. Em outras palavras: as mulheres que são infelizes são mais propensas a trair.

O professor Robin Milhausen, que liderou o estudo, explicou que a maioria dos estudos sobre infidelidade analisou os fatores demográficos:

“Poucos estudos sobre infidelidade foram além de explorar dados demográficos. Esta pesquisa mostra que as variáveis ​​demográficas podem não influenciar a tomada de decisão tanto quanto se pensava anteriormente – que a personalidade importa mais, especialmente para os homens “.

A pesquisa envolveu quase mil homens e mulheres em relacionamentos monogâmicos. Os resultados mostraram que 23% dos homens e 19% das mulheres admitiram ser infiéis em algum momento. A infidelidade dos homens foi predita por fatores de personalidade como a tomada de riscos.

Leia mais sobre monogamia:

O professor Milhausen disse:

“As pessoas podem procurar situações de alto risco para que elas se tornem estimuladas, ou podem optar por ter relações sexuais com um parceiro fora de seu relacionamento regular porque sentem que estão “fora” se o encontro não for bom – eles não tem que vê-los novamente.”

Para as mulheres, era mais sobre sua satisfação com o relacionamento. A insatisfação as fez duas vezes mais prováveis ​​de trair.

O professor Milhausen disse:

“Todos os tipos de coisas predizem a infidelidade. O que este estudo diz é que quando você coloca todas essas coisas juntas, para os homens, as características da personalidade são tão fortes que eles rejeitam o resto do modelo. Para as mulheres, em face de todas as outras variáveis, ainda é o relacionamento que é o preditor mais importante”.

O professor Milhausen continuou:

“Tomado seu valor, esta pesquisa pode parecer apenas apoiar os estereótipos sexuais: as mulheres estão apenas preocupadas com o relacionamento e, para os homens, uma vez um traidor, sempre um traidor, independentemente da relação deles. Mas a ressalva é que existem muitas variantes e fatores que não são explicados aqui, que podem afetar se alguém trai”.

Leia mais:


O estudo foi publicado na revista Archives of Sexual Behavior (Mark, et al., 2011).

Via Psyblog.





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.