O que é Variavel Independente na Psicologia

O que é Variável Independente na Psicologia

No método experimental em psicologia a variável independente é a característica que é manipulada ou alterada.

Exemplo de variável independente na psicologia – método experimental

Por exemplo, em um experimento olhando para os efeitos de estudar em resultados de prova, estudar seria a variável independente. Os pesquisadores estão tentando determinar se mudar a variável independente (estudar) resulta em alterações significativas na variável dependente (os resultados da prova).

Observações sobre a variável independente

“As variáveis independentes são selecionadas porque um experimentador acredita que elas vão causar mudanças no comportamento. Aumentar a intensidade de um tom deve aumentar a velocidade na qual as pessoas reagem ao tom. Aumentar o número de pelotas dadas a um rato para pressionar a barra deve aumentar a número de vezes que a barra é pressionada. Quando uma mudança no nível (quantidade) de uma variável independente provoca uma mudança de comportamento, podemos dizer que o comportamento está sob o controle da variável independente”.  (Kantowitz, Roediger, e Elmes, 2009)

“É crucial que os grupos experimentais e os grupos de controle em um estudo sejam muito semelhantes, exceto para o diferente tratamento que recebem levando em conta a variável independente. Esta estipulação nos leva à lógica que está subjacente ao método experimental. Se os dois grupos são iguais em todos os aspectos exceto para a variação criada pela manipulação da variável independente, quaisquer diferenças entre os dois grupos na variável dependente deve ser devido à manipulação da variável independente.”  (Weiten, 2013)

Exemplos de variáveis ​​independentes na Psicologia Experimental

  • Um pesquisador quer determinar se a cor de um escritório tem qualquer efeito sobre a produtividade do trabalhador. Numa experiência, um grupo executa uma tarefa numa sala amarela, enquanto outro executa a mesma tarefa em um quarto azul. Neste exemplo, a cor do escritório é a variável independente.
  • Os investigadores querem saber se ouvir música em ritmo acelerado ajuda os corredores a ter melhor desempenho durante uma maratona. Em um experimento, um grupo de corredores ouve música em ritmo acelerado, enquanto outro grupo escuta música em ritmo lento. Neste exemplo, o tipo de música que os corredores ouvem é a variável independente.
  • Os educadores estão interessados ​​se participar de tutoria de matemática pós-escola pode aumentar a pontuação em exames de matemática padronizados. Em um experimento, um grupo de estudantes frequenta uma sessão de tutoria após a escola duas vezes por semana, enquanto outro grupo de estudantes não recebe esta assistência adicional. Neste caso, a participação numa tutoria de matemática após a escola é a variável independente.
  • Pesquisadores querem determinar se um novo tipo de tratamento vai levar a uma redução da ansiedade para os pacientes que sofrem de fobia social. Numa experiência, alguns voluntários recebem o novo tratamento, outro grupo recebe um tratamento diferente, e um terceiro grupo não recebe qualquer tratamento. A variável independente neste exemplo é o tipo de terapia.

Fontes e referências:

Breckler, S., Olson, J., & Wiggins, E. (2006). Social psychology alive. Belmont, CA: Wadsworth.

Kantowitz, B. H., Roediger, H. L., & Elmes, D. G. (2009). Experimental psychology. Belmont, CA: Wadsworth.

Weiten, W. (2013). Psychology: Themes and variations, 9th ed. Belmont, CA: Wadsworth.

Via VeryWell.



DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/


🔴 COMENTA AÍ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.