Quão ruim Google e smartphones são para nossos cérebros?

Pesquisadores estudam como o poder do cérebro é afetado pelas tecnologias digitais (CBC News):

“… Quanto a nossa dependência de smartphones como auxiliares de memória afeta a maneira como nosso cérebro funciona?

descarregamento-cognitivo-cerebro-multitarefas

Dois psicólogos da Universidade de Waterloo – Evan Risko e Sam Gilbert – avaliaram o que tem sido feito na área doe “descarregamento cognitivo“. Descarregamento cognitivo é basicamente a ideia de que é possível atribuir as funções de seu poder cerebral a um dispositivo, para salvar espaço no seu cérebro.

Eles descobriram que as pesquisas sugerem que esta descarga cognitiva pode ser boa e, potencialmente ruim, para os nossos cérebros …

Devemos estar preocupados sobre como usar smartphones para nos lembrar de coisas? Provavelmente não. A realidade é que eles liberam “espaço cognitivo” em nossos cérebros, e podemos nos concentrar em tarefas mais complexas como pensar sobre o nosso plano financeiro, ou como serão nossas próximas férias, ou qualquer outra coisa que você considere importante em sua vida. ”

Estudo : Cognitive offloading (Trends in Cognitive Sciences)

  • Resumo: Se você já inclinou a cabeça para perceber uma imagem girada, ou programou um smartphone para o lembrar de um compromisso futuro, você se envolveu em descarregamento cognitivo: o uso de ação física para alterar as informações e requisitos de processamento de uma tarefa de modo a reduzir a demanda cognitiva. Apesar da ubiquidade deste tipo de comportamento, só recentemente se tornou alvo de investigação sistemática em si. Revisamos as pesquisas que se concentram em duas questões principais: (i) que mecanismos desencadeiam a descarga cognitiva, e (ii) quais são as consequências cognitivas deste comportamento? Nós oferecemos uma estrutura metacognitiva que integra os resultados de diversas áreas e sugerimos caminhos para pesquisas futuras.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.