Descarregamento cognitivo: A internet está nos deixando burros?

Usar a internet para procurar fatos nos torna mais dependentes no futuro, diz nova pesquisa.

Mais munição para aqueles que afirmam que a internet está nos tornando estúpidos.

menina-computador-internet-surpresa

Quanto mais vezes as pessoas veem fatos online, menos elas preferem confiar em suas próprias memórias para até mesmo as perguntas mais simples. Psicólogos chamam isso de “descarregamento cognitivo“. Eficazmente a internet está tomando conta da memória humana.

Dr. Benjamin Storm, autor do estudo, disse:

“Memoria está mudando. Nossa pesquisa mostra que à medida que usamos a Internet para apoiar e ampliar a nossa memória nos tornamos mais dependentes dela. Considerando que, antes, poderíamos ter tentado lembrar de algo por conta própria, agora nós não nos incomodamos. À medida que mais informações se tornarem disponíveis através de smartphones e outros dispositivos, tornamo-nos progressivamente mais dependentes deles em nossas vidas diárias “.

Para o estudo de pessoas foram convidadas a responder uma série de perguntas triviais desafiadoras. Um grupo foi autorizado a usar o Google enquanto o outro teve que confiar em sua memória. Mais tarde, ambos os grupos receberam uma série de perguntas mais fáceis de responder e ambos autorizados a usar o Google, se eles preferissem.

Os resultados mostraram que aqueles que usaram a internet antes eram mais propensos a utilizá-la novamente. Notavelmente, 30% das pessoas que utilizaram a internet anteriormente falharam em tentar responder a qualquer uma de uma série de questões relativamente simples de memória. Elas preferiam o Google. Aqueles que se basearam em sua memória antes, porém, eram mais propensos a usar as suas próprias memórias novamente.

Professor Evan F. Risko, autor de uma nova revisão da pesquisa sobre o descarregamento cognitivo ( Risko & Gilbert, 2016 ), disse:

“Se você tem permissão para armazenar algumas informações a ser lembradas em um computador, as chances são que você não vai dedicar espaço cognitivo para recordá-las. Como resultado, sua capacidade de lembrar da informação sem o computador provavelmente será reduzida. Há poucas dúvidas de que essas novas tecnologias estão afetando o que lembramos. ”

É claro, você poderia argumentar que é apenas o caminho natural das coisas: nós usamos ferramentas de trabalho. Ter lápis e papel ou calculadoras realmente fez-nos mais estúpidos? Ou será que nos permitiram fazer mais?


O estudo foi publicado na revista Memory (Storm et al., 2016).

Artigo original do Psyblog





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.