Transição para a menopausa e menopausa ligadas ao dobro do risco de sintomas de depressão

mulher-ansiedade-medoNuma análise de 11 estudos, as mulheres tinham o dobro do risco de sintomas depressivos durante a perimenopausa, em comparação com a pré-menopausa, mas não em comparação com a pós-menopausa. Além disso, os sintomas eram muito mais graves durante a perimenopausa, quando em comparação com a pré-menopausa. No entanto, é importante notar que as probabilidades de desenvolver depressão clínica não foram significativamente diferentes entre as fases da menopausa.

Pré-menopausa simplesmente é quando uma mulher ainda está tendo seu ciclo menstrual normal. Perimenopausa refere-se a quando as mulheres estão passando pela transição para a menopausa (ou seja, quando a menstruação cessa e uma mulher se torna infértil).

Isso significa que as mulheres em transição para a menopausa (ou seja, a perimenopausa) e mulheres pós-menopáusicas têm o dobro do risco de sintomas de depressão do que em seus anos mais férteis. A perimenopausa pode oferecer uma janela de oportunidade para o reconhecimento precoce e prevenção da depressão.

Além disso, uma ligação entre a gravidade dos sintomas vasomotores (por exemplo, ondas de calor) e sintomas depressivos foi encontrada durante a perimenopausa, tornando sintomas vasomotores outro indicador precoce do risco de depressão.


de Kruif, M., Spijker, A., & Molendijk, M. (2016). Depression during the perimenopause: A meta-analysis Journal of Affective Disorders, 206, 174-180 DOI: 10.1016/j.jad.2016.07.040

Do Brain Blogger





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.