A tarefa diária que pode diminuir ansiedade e aumentar estimulação mental

Quando feita corretamente, a tarefa diminuiu nervosismo em 27% e aumentou a inspiração mental em 25%.

tarefas-diarias-limpar-lavar-arrumar

Lavar louça pode diminuir o estresse e acalmar a mente, segundo um novo estudo.

O processo foi chamado de Mindful dishwashing (Algo como “lavar louça consciente”, referência a mindfulness) As pessoas no estudo usaram o cheiro do sabão, a sensação e a forma dos pratos para ajudá-las a entrar em um estado consciente.

Mr Adam Hanley, o principal autor do estudo, disse:

“Eu tive um interesse em mindfulness por muitos anos, tanto como praticante contemplativo como investigador. Eu estava particularmente interessado em como as atividades mundanas da vida poderiam ser usadas para promover um estado consciente e, assim, aumentar a sensação de bem-estar “.

No estudo 51 pessoas foram divididas em dois grupos. Um grupo lavou os pratos normalmente – muito provavelmente, deixando suas mentes vagarem às ansiedades habituais. O outro grupo foi incentivado a concentrar-se na experiência sensorial de lavar os pratos.

O grupo consciente mostrou uma diminuição de 27% no nervosismo. Eles também relataram um aumento de 25% na inspiração mental. Este foi um resultado impressionante, dado que as pessoas só estavam lavando pratos por seis minutos.

Os autores do estudo escrevem:

“É interessante notar que uma tarefa potencialmente interpretada como desagradável ou uma “tarefa árdua” pode ser experimentada como ferramenta para reduzir nervosismo e ganhar inspiração por simplesmente mudar sua abordagem para a tarefa e a qualidade da atenção.

Que as práticas mindfulness elevam a consciência, incentivam afeto positivo e diminuem afeto negativo está bem estabelecido; no entanto, essas alterações associadas com o acoplamento de uma prática consciente de uma tarefa diária é uma nova descoberta. ”

Mindfulness pode ser incorporado em quase qualquer atividade ordinária ou mesmo extraordinária.


O estudo foi publicado na revista  Mindfulness ( Hanley et al., 2015 ).

Imagem do Shutterstock

Via Psyblog





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.