Psicodrama

terapia-foto-sarakinlan-murillo-peirano_lrzima20150304_0081_11O QUE É, COMO FUNCIONA E QUANDO SURGIU

O Psicodrama é um método e tipo de terapia que trabalha tanto as relações interpessoais como as ideologias particulares e coletivas que as sustentam. Sua aplicação é uma das mais eficientes e criativas nos campos da saúde, da educação, das organizações e dos projetos sociais.

A psicoterapia clareia e conscientiza o objeto de busca na medida em que norteia o individuo sobre as faltas externas; ajuda a conscientizar sobre o medo de mudar, de correr o risco do novo e desconhecido, entender as frustrações; possibilita a orientação adequada e aceleração sistematizada do processo de busca, recuperando a criatividade e espontaneidade.
A dramatização terapêutica leva a algo mais do que a mera repetição de papéis, tais como são desempenhados do cotidiano. A ação dramática permite insgihts profundos por parte do paciente e/ou do grupo a respeito do significado dos papéis assumidos durante a vida.
Para o psicodrama, toda ação é interação por meio de papéis. Assume-se, no decorrer da vida, papéis para cada situação enfrentada: Pai, Mãe, Filho, Chefe, Empregado, Marido, Esposa, Professora, Aluno, Amigo, Forte, Sensível, etc.
Uma das maneiras de compreender a si mesmo e ao outro é procurar entender a forma de comportamento assumido em cada papel.

É orientado pela emoção, pelo grupo e pela co-criação, pois busca promover estados espontâneos, discriminar e integrar, com certa harmonia, o individual com o coletivo, o mundo interno com a realidade compartilhada. Para isso, usa tanto a comunicação verbal como a não verbal.

O psicodrama nasceu do Teatro de Improviso. Foi criado por Jacob Levy Moreno (1889-1974) um psiquiatra romeno, aluno de Freud, que viveu na Áustria e nos Estados Unidos. Em 1925 ele fundou o Teatro da Espontaneidade, no qual, ousadamente, convidava o público a criar sua própria história.
Um de seus primeiros trabalhos foi com um grupo de prostitutas, quando utilizou técnicas grupais. Depois trabalhou em um campo de refugiados tiroleses, observando as interações psicológicas. Fundou, em 1912, o Teatro Vienense da Espontaneidade, onde começou a formar suas idéias da Psicoterapia de Grupo e do Psicodrama.

O Teatro Espontâneo ou Terapêutico é a representação de histórias do cotidiano dos participantes. De forma terapêutica, aprende-se compartilhando essas histórias, elaborando os conflitos, etc.
Os Participantes iniciam um aquecimento e começam a fornecer temas, que podem ser momentos vividos ou observados.
O grupo elege o primeiro tema para ser dramatizado. O script da cena é criado pelos participantes, que também atuam na peça conforme forem surgindo os papéis.

O Jogo Dramático, utilizado pela terapia do psicodrama, tem como objetivo permitir uma aproximação terapêutica do conflito. A cena dramática é aquela que expressa algum conflito; sem conflito não há dramaticidade e a cena é vazia, segundo o teatro. Propicia ao indivíduo expressar livremente as criações do seu mundo interno, realizando-as na forma de representação de um papel, pela produção mental de uma fantasia ou por
uma determinada atividade corporal.


grupos

FORMAS DE PSICODRAMA

O Psicodrama pode ser Individual com Egos Auxiliares. É uma das modalidades de psicodrama em que pode se utilizar pessoas para assumirem os lugares dos personagens que o cliente solicita.
O Psicodrama Bipessoal é o atendimento do cliente somente pelo terapeuta, onde o processo psicoterapêutico desenvolve-se na relação dois a dois e as dramatizações são feitas, freqüentemente, utilizando-se de almofadas ou blocos de espuma no lugar dos Egos Auxiliares.
O Psicodrama Grupal possibilita ao cliente lidar com sua intimidade frente a um público numa relação mais próxima das relações da vida real, diminuindo a distância entre o vivenciar terapêutico e o vivenciar real.

O Psicodrama é uma parte de uma construção muito mais ampla, criada também por Jacob Levy Moreno, a Socionomia. Na verdade, a denominação da parte foi estendida para o todo e, quando as pessoas usam o termo Psicodrama, estão, geralmente, se referindo à Socionomia. Ciência das leis sociais e das relações, a socionomia é caracterizada fundamentalmente por seu foco na intersecção do mundo subjetivo, psicológico e do mundo objetivo, social, contextualizando o indivíduo em relação às suas circunstâncias.

   hqdefault

ÁREAS ATUANTES E PSICODRAMA NO BRASIL

Os psicodramatistas são profissionais de diferentes áreas: médicos, psicólogos, pedagogos, fonoaudiólogos, profissionais de RH, todas as pessoas que em seu exercício profissional trabalham com grupos. O Psicodrama sob a ótica psicoterápica é desenvolvido em clínicas, hospitais e consultórios médicos – psicológicos. Em sua vertente educacional é muito difundido em escolas, empresas e instituições comunitárias. Na Universidade integra currículos de cursos de Psicologia, Medicina e Educação além de ser ministrado em cursos de pós-graduação.

 A  Federação Brasileira de Psicodrama – FEBRAP dedica-se ao ensino e ao desenvolvimento da proposta socionômica de Moreno, promove eventos científicos – com destaque para o Congresso Brasileiro – e intercâmbio com a comunidade científica internacional, sempre estimulando a reflexão sobre a teoria e prática do Psicodrama, seus alcances e possibilidades de intervenção social.

Referências:

HOMEM DE MELLO, Marcia. Psicoterapia na linha psicodramática? O que é isso?

PSICODRAMA” em http://www.sedes.org.br/Departamentos/Psicodrama/sobre_o_psicodrama.htm

FEBRAP




DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/


🔴 COMENTA AÍ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.