Ciência mostra apoio à ideias de A Interpretação dos Sonhos de Freud

Mais de um século depois do lançamento do livro A Interpretação dos Sonhos, estudos científicos apoiam algumas ideias de Sigmund Freud, o pai da Psicanálise

Sigmund Freud tem um legado complicado. Muitas das teorias de Freud sobre o comportamento humano são polêmicas até hoje e encontram muitas críticas. Mas algumas estão ganhando um reforço da ciência moderna.

freud-sonhos

Um exemplo recente é a teoria dos sonhos de Freud, apresentada no livro A Interpretação dos Sonhos, seu trabalho mais conhecido e talvez o mais famoso, de acordo com Josie Malinowski, um psicólogo da Universidade de East London.
 –
Freud afirmava que os sonhos são expressões de nossos desejos não realizados. Alguns desses desejos podem ser inocentes, como sonhos sobre ter uma vida de rei. Outros podem ser moralmente inaceitáveis, como sonhos sobre incesto. E às vezes os nossos sonhos revelam, contra a nossa vontade, os eventos da nossa vida de vigília em que ativamente tentamos não pensar.
 –
A teoria dos sonhos de Freud, mesmo controversa, foi popular na época. De lá pra cá os cientistas foram capazes de estudar os sonhos mais de perto. Muitos afirmam que os sonhos não servem a um propósito, mas sim, a partir do fortalecimento de nossas memórias, servem para firmar as conexões do cérebro adquiridas a partir do aprendizado.
 –
Um aspecto da teoria dos sonhos de Freud está agora sendo apoiado por experimentos: A ideia de que as memórias que suprimimos ativamente podem voltar a nos assombrar nos sonhos. Um estudo de 2004 pediu a três grupos de pessoas para escreverem o que aparecia à mente por cinco minutos antes de ir para a cama. Um grupo foi convidado a pensar sobre uma pessoa em particular, outro grupo foi convidado a não pensar nessa pessoa, enquanto eles estavam escrevendo, e o último grupo não recebeu nenhuma instrução específica. O estudo descobriu que o grupo tentando suprimir pensamentos de uma pessoa era o mais provável de encontrar essa pessoa nos sonhos.
 –
Desde então, os pesquisadores têm mostrado que este efeito de “rebote no sonho” não torna apenas mais provável que pensamentos suprimidos apareçam em nossos sonhos, mas muitas vezes, esses sonhos são desagradáveis. Estudos também têm demonstrado que as pessoas que são boas em suprimir memórias são mais propensas a experimentar sonhos ligados às experiências emocionais desagradáveis da vida real, e que elas também sofrem de má qualidade do sono .
 –
Assim, mais de um século depois de Freud ter publicado A Interpretação dos Sonhos, a psicologia moderna tem encontrado apoio para suas teorias. Uma vez que Freud continua popular entre muitos terapeutas ainda hoje, é bom encontrar apoio para suas ideias na ciência, apesar de que para muitos, isso não é necessário.

Via Quartz




DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/


🔴 COMENTA AÍ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.