Reforço Positivo – Condicionamento Operante (com Exemplos)👍

Reforço positivo e Condicionamento operante com exemplos

Reforço positivo - Condicionamento operante
Manu Pulido / EyeEm / Getty Images

No condicionamento operante, o reforço positivo envolve a adição de um estímulo de reforço na sequência de um comportamento que faz com que seja mais provável que o comportamento ocorra novamente no futuro. Quando um resultado favorável , evento ou recompensa ocorre após uma ação, a resposta ou comportamento particular será reforçada.

Uma das maneiras mais fáceis de lembrar do reforço positivo é a pensar nisso como algo que está sendo adicionado. Ao pensar nisso nesses termos, você pode achar que é mais fácil identificar do mundo real.

Exemplos de reforço positivo

Considere os seguintes exemplos:

  1. Depois de fazer uma coreografia certa uma vez durante uma aula de dança, seu instrutor grita, “Bom trabalho!”
  2. No trabalho, você excede a cota de vendas deste mês, por isso o seu chefe lhe dá um bônus.
  3. Na sua aula de psicologia, você assiste a um vídeo sobre o cérebro do ser humano e escrever um artigo sobre o que você aprendeu. Seu instrutor lhe dá 20 pontos de crédito extras pelo seu trabalho.

Você pode identificar o reforço positivo em cada um desses exemplos? O instrutor de dança oferece elogio, o patrão dá um bônus, e o professor fornecendo pontos de bônus são todos exemplos de reforços positivos. Em cada uma destas situações, o reforço é um estímulo adicional que ocorre após o comportamento que aumenta a probabilidade de que o comportamento irá ocorrer de novo no futuro.

Uma coisa importante a se notar é que o reforço positivo nem sempre é uma coisa boa. Por exemplo, quando uma criança se comporta mal em uma loja, alguns pais podem dar-lhes atenção extra ou até mesmo comprar para  a criança um brinquedo. As crianças aprendem rapidamente que, agindo assim, elas podem ganhar a atenção do pai ou mesmo adquirir objetos que elas querem.

Essencialmente, os pais estão reforçando o mau comportamento. Neste caso, a melhor solução seria a utilização de reforço positivo quando a criança está exibindo bom comportamento.

Diferentes tipos de reforços positivos

Existem muitos tipos diferentes de reforçadores que podem ser usados para aumentar comportamentos, mas é importante notar que o tipo de reforçador utilizado depende do indivíduo e da situação. Enquanto estrelas de ouro e símbolos devem ser reforços muito eficazes para uma aluna da segunda série, eles não vão ter o mesmo efeito em um estudante universitário (que prefere coxinha ou umas moedas pro xerox).

Reforçadores naturais são aqueles que ocorrem diretamente como resultado do comportamento. Por exemplo, uma menina estuda muito, presta atenção na aula e faz o seu dever de casa. Como resultado, ela fica com excelentes notas.

Reforçadores de símbolos são pontos ou símbolos que são concedidos para a realização de determinadas ações. Esses símbolos (tokens) podem ser trocados por algo de valor.

Reforçadores sociais envolvem expressar aprovação de um comportamento, como quando um professor, pai ou empregador diz ou escreve “Bom trabalho” ou “excelente trabalho”.

Reforçadores tangíveis envolvem a apresentação de uma recompensa real, física, como doces, guloseimas (coxinha), brinquedos, dinheiro e outros objetos desejados (xerox). Embora estes tipos de recompensas possam ser poderosamente motivadores, eles devem ser usados com moderação e com cuidado.

Quando o reforço positivo é mais eficaz?

Quando usado corretamente, o reforço positivo pode ser muito eficaz. De acordo com a diretrizes da lista de verificação comportamental publicada pela Universidade do Estado de Utah, o reforço positivo é mais eficaz quando ocorre imediatamente após o comportamento. As diretrizes também recomendam que o reforço deve ser apresentado com entusiasmo e deve ocorrer frequentemente .

Quanto menor a quantidade de tempo entre um comportamento e a apresentação de reforço positivo, mais forte a ligação será. Se um longo período é decorrido entre o comportamento e o reforço, mais fraca a conexão será. Também se torna mais provável que um comportamento que interveio acidentalmente possa ser reforçado.

Além do tipo de reforço usado, o calendário de apresentação pode também desempenhar um papel na força da resposta.

__________________________________________________________________

Veja a contraparte:

► Reforço negativo e Condicionamento operante com exemplos

__________________________________________________________________

Por Kendra Cherry

 

Referências

Positive reinforcement: LRBI checklist. Utah State University. 

Positive reinforcement: A proactive intervention in the classroom. The University of Minnesota.

Skinner, B.F. (1953). Science and Human Behavior. New York: Macmillan.

 

  • O reforço positivo: Lista de verificação LRBI. Universidade do Estado de Utah. 
  • O reforço positivo: Uma intervenção pró-ativa na sala de aula. A Universidade de Minnesota.
  • Skinner, BF (1953). Ciência e Comportamento Humano. New York: Macmillan.


DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/


🔴 COMENTA AÍ

2 comentários em “Reforço Positivo – Condicionamento Operante (com Exemplos)👍

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.