Teoria de Controle Social: Por que você obedece às leis?

Teoria de controle social é a ideia de que as pessoas obedecem as regras e seguem as leis porque isso é o que é geralmente aceito por todos os outros. As pessoas se esforçam para manter os regulamentos, não porque necessariamente concordam com eles, mas por causa dos princípios que estes decretos representam. Teoria de controle social é comumente usada em psicologia infantil.


teoria-do-controle-social-conformidade-social

Teoria de controle social postula que as pessoas obedecem a certas regras de pressão moral para salvar a própria pele. Elas estão com medo de cair fora de sincronia com o resto da sociedade por quebrar as leis, por isso escolhem cumpri-las. Teoria de controle social afirma que, na ausência de normas sociais e culturais, as pessoas agem da forma que quiserem.

Esta é uma grande escola de pensamento na criminologia. A teoria afirma que pessoas com fortes ligações sociais são suscetíveis de aderir às normas e regulamentos públicos, mas aquelas com um agrupamento menos proeminente ou sólido, e aquelas que caem em sintonia com outras pessoas que já estão fora dos parâmetros aceitos da sociedade, tem maior probabilidade de cometer crimes. Os indivíduos que mais investiram em se encaixar em um grupo social específico mais provavelmente irão prosseguir em ações e ideias que se encaixam com os valores da organização, mesmo se as ações são consideradas ilegais.


Fontes:


Quer ler o site sem anúncios + conteúdo exclusivo?
☆ Assine o Psicoativo Premium


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.