Observação estruturada em Psicologia e Sociologia

Nas ciências sociais, como psicologia e sociologia, “observação estruturada” é um método de coleta de dados e informações. Através do método de observação estruturada, os cientistas sociais são capazes de olhar seletivamente aos fenômenos sociais que estão tentando estudar. Por esta razão, a observação estruturada é um método popular de realização de uma experiência ou a observação de um fenômeno com o propósito explícito de testar uma hipótese específica.

Créditos: Chase Elliott Clark CC-BY 2.0
Créditos: Chase Elliott Clark CC-BY 2.0

De acordo com a Universidade de Strathclyde, na condução de pesquisas em psicologia e sociologia, há uma série de maneiras diferentes de recolher informações. Uma forma que é capaz de se concentrar principalmente em um determinado fenômeno é a observação estruturada. Isso exige que haja claramente metas e planos para essas observações antes da observação começar. Caso contrário, pode não ser possível se concentrar seletivamente em qualquer um dado fenômeno. Este método de pesquisa utiliza menores, pré-determinadas e partes mais manejáveis de informação que tenham sido obtidas através da utilização de técnicas quantitativas.

Existem vários níveis de “estrutura” em que estas observações podem ser classificadas. Observações estruturadas rigorosamente têm maneiras específicas e exclusivas para observar e quebrar as informações. Por outro lado, observações semi-estruturadas não tem esse nível de controle sobre o que está sendo observado no experimento.



Quer ler o site sem anúncios + conteúdo exclusivo?
☆ Assine o Psicoativo Premium


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.