As características faciais mais atraentes e confiáveis

O formato do rosto e cor dos olhos mais confiável e atraente.

Olhos castanhos são geralmente vistos como mais confiáveis do que olhos azul por outras pessoas, segundo pesquisa psicológica.


olhos azuis verdes castanhos

As características faciais relacionadas tanto com confiabilidade quanto com atratividade incluem:

  • olhos maiores,
  • sobrancelhas maiores,
  • uma boca com cantos apontandos para cima,
  • e uma forma da rosto geralmente estendida e mais estreita.

A única exceção era para um homem de rosto largo – quando os olhos azuis tornaram-se mais confiáveis.

Não era apenas sobre a cor dos olhos, no entanto, os autores do estudo explicam:

“Concluímos que, embora os rostos com olhos castanhos tenham sido percebidos como mais confiáveis do que os de olhos azuis, não era a cor do olho em si que causou a percepção mais forte de confiabilidade, mas sim as características faciais associadas com olhos castanhos.”

Eles descrevem outras características faciais ligadas à confiabilidade:

“Classificações mais elevadas para a honestidade são dadas para mais pessoas com cara de bebê e com queixos mais curtos.”

Para a pesquisa as pessoas foram convidadas a avaliar uma série de rostos masculinos e femininos de acordo com a confiabilidade. Em todos os rostos masculinos e femininos, as pessoas acharam olhos castanhos mais confiáveis.

A forma do rosto das mulheres fez pouca diferença para o quão confiável pareciam. Mas, a forma de rostos de homens fez diferença. Rostos masculinos mais confiáveis tendiam a ser mais redondos, com bocas maiores e queixos maiores.

Estes elementos de confiabilidade também estão ligados a atratividade, segundo os autores:

“As mesmas características faciais que fazem parecer mais confiável, ou seja, olhos maiores, sobrancelhas maiores, uma boca com cantos apontados para cima, e uma forma geral estendida e rosto mais estreito, também são percebidas como sendo mais atraentes.”

O estudo foi publicado na revista PLoS ONE ( Kleisner et al., 2013 ).


Imagem do Shutterstock

Via PsyBlog


Quer ler o site sem anúncios + conteúdo exclusivo?
☆ Assine o Psicoativo Premium





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.