Teoria da interação social seletiva

Teoria da interação social seletiva argumenta que, quando ganham mais idade, as pessoas tendem a se tornam mais seletivas ou exigente sobre suas amizades e relacionamentos. Por exemplo, na faculdade a pessoa pode ter apreciado fazer reunião e sair com uma vasta gama de pessoas, mas à medida que envelhecemos nós somos mais propensos a nos concentrar nas interações que são mais familiares e gratificantes para nós. Isso ocorre porque os adultos mais velhos têm menos energia para se dedicar a socialização e querem que suas interações se tornem o mais positivas quanto for possível.


Teoria da interação social seletiva


Quer ler o site sem anúncios + conteúdo exclusivo?
☆ Assine o Psicoativo Premium





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.