Solidariedade orgânica para Durkheim

Solidariedade orgânica refere-se à coesão social e interdependência que emerge nas sociedades modernas, complexas, industriais. Esta ideia foi proposta por Émile Durkheim em A divisão do trabalho na sociedade (1893).


Como o trabalho torna-se mais especializado em uma sociedade, as pessoas dependem umas das outras para obter os produtos e serviços que precisam. Por exemplo, os trabalhadores da construção vão construir casas para os trabalhadores de fábrica que produzem as máquinas que os trabalhadores da construção civil vão usar para construir as casas, e assim vai.

Como sociedades avançadas crescem e se tornam grandes e diversificadas, elas permanecem integradas devido à interdependência do membro. Em contraste, as sociedades menores, menos complexas são caracterizados pela solidariedade mecânica, em que a coesão é mantida através de trabalho compartilhado, laços de família, e os valores e estilos de vida semelhantes.

emile-durkheim


Quer ler o site sem anúncios + conteúdo exclusivo?
☆ Assine o Psicoativo Premium





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.