Prazer é sempre ligado com gratidão – Melanie Klein

“Prazer é sempre ligado com gratidão; se esta gratidão é profundamente sentida inclui o desejo de devolver a bondade recebida e é, portanto, a base de generosidade. Há sempre uma ligação estreita entre ser capaz de aceitar e dar, e ambos fazem parte da relação com o bom objeto e, portanto, combater a solidão. Além disso, a sensação de generosidade é subjacente a criatividade, e isto aplica-se às atividades construtivas mais primitivas do lactente assim como a criatividade do adulto.

A capacidade para o prazer também é a condição prévia para uma medida de renúncia que permite prazer no que está disponível sem muita ganância por gratificações inacessíveis e sem ressentimento excessivo sobre frustração. Tal adaptação já pode ser observada em alguns lactentes jovens. Renúncia está ligada com tolerância e com a sensação de que os impulsos destrutivos não vão sobrecarregar o amor, e que, portanto, a bondade e a vida podem ser preservadas. ”

― Melanie Klein, Inveja e Gratidão e Outros Trabalhos, 1946 – 1963

Melanie Klein





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.