Por que você não se preocupa com a morte de milhões de pessoas

Temos um egoísmo inerente em nós. É por isso que os heróis em filmes vão sacrificar o mundo pela pessoa que amam e todos nós achamos romântico em vez de preocupante. Temos uma tendência a nos preocupar muito menos com um genocídio do que com um amigo com câncer. Como observa David Ropeik em um artigo para o Psychology Today, temos uma dormência estatística que nos impele a nos preocupar mais com os problemas de um indivíduo do que com os problemas de muitos.

cemiterio-mortes-tumulos

Em um estudo as pessoas eram pagas para participar de um teste psicológico não relacionado. Elas tinham a oportunidade de doar até US $ 5,00 de seus lucros para salvar as crianças. Haviam três opções:

  • Elas poderiam doar para ajudar Rokia, uma menina 7 anos de idade, de Mali. As pessoas viram uma foto de Rokia. Eles estavam dispostas a dar US $ 2,25.
  • Elas poderiam doar para ajudar as centenas de milhares de crianças na África Oriental que estavam famintas. Eles estavam dispostas a dar apenas US $ 1,15.
  • A terceira opção era ajudar especificamente Rokia, mas junto com esta solicitação as pessoas receberam as estatísticas sobre as outros crianças famintas da África Oriental. As mesmas pessoas que estavam dispostas a dar US $ 2,25 quando era apenas para Rokia, só estavam dispostas a dar US $ 1,40 quando o pedido de ajuda para Rokia incluía informações sobre as estatísticas maiores!

Outros estudos mostraram resultados semelhantes. Por exemplo, as pessoas doariam US $ 11 para salvar uma criança, mas apenas US $ 5 para salvar oito. O mesmo vale para eventos únicos como uma tsunami – em comparação com um evento recorrente como das crianças famintas. Nós simplesmente não parecemos ter a largura de banda emocional para cuidar de muitas pessoas ou por muito tempo. Um parece ser o número mágico para a empatia.

Embora não possamos magicamente ajustar nossos cérebros para começar a cuidar de milhões, como nos preocupamos com um único ser humano, ou não temos o poder de ajudar um número grande de pessoas, podemos ser mais conscientes disso.

Ao ignorar uma grande tragédia que parece tão longe, imagine como poderia ser se acontecesse com apenas uma pessoa, de preferência uma pessoa de quem você goste. O que você decidir fazer sobre isso é com você, mas pelo menos a sua consideração não será tão distorcida pelos números.


Via Life Hacker


DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D

CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/






SEJA PSICOATIVO TAMBÉM E COMENTA AÍ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.