Protesto masculino de Alfred Adler [Psicologia Individual]

Protesto masculino é um conceito desenvolvido pelo psicólogo Alfred Adler, o fundador da psicologia individual.

Alfred Adler caricatura
Protesto masculino é a sugestão de que as mulheres rejeitam uma identidade feminina, a fim de serem valorizadas e remuneradas da mesma forma que os homens. Nos homens, é tipicamente expresso como um complexo de superioridade. Adler propôs o conceito de complexo de inferioridade, que é quando os indivíduos compensam sentimentos de que eles são menores ou não tão bons quanto os outros, agindo de uma forma que lhes dá uma aparência de superioridade.

De acordo com a teoria do protesto masculino mulheres são tipicamente desvalorizadas em relação aos homens em muitas áreas da sociedade, como a estigmatização de ter um bebê menina, em vez de um menino, mulheres que recebem menos para fazer o mesmo trabalho que um homem, e a pressão para parecer ou agir de determinada maneira que é considerada culturalmente apropriada.

Uma mulher que está participando do protesto masculino essencialmente rejeita essas normas socialmente construídas e se recusa a participar de coisas que são consideradas ‘femininas’. Os homens também podem ser influenciados pela proeminência de uma cultura masculina e participaram do protesto masculino em si.

Nos homens, o protesto masculino normalmente se manifesta como um complexo de superioridade que é usado para esconder sentimentos de inferioridade por comportamentos grandiosos de ser melhor e superior aos outros. É o uso de uma mentalidade “eu sou melhor que você” , a fim de esconder os sentimentos desagradáveis ou angústia emocional de sentir-se inferior e inadequado.


Via Psychology Glossary (Alley Dog)



DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/


🔴 COMENTA AÍ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.