Imprinting (Psicologia): Significado, Konrad Lorenz, vídeo com patinhos

O que é imprinting na Psicologia?

Imprinting é um tipo de característica de aprendizagem de aves que ocorre apenas durante um período crítico de desenvolvimento logo após o nascimento.

Imprinting é o processo pelo qual patinhos formam um apego às suas mães, ou qualquer outro objeto em movimento que aparece nos dois primeiros dias de vida. Etólogos, os cientistas que estudam o comportamento dos animais no seu habitat natural, observaram o processo de imprinting ao observarem patinhos recém-nascidos. Eles descobriram que se um patinho for exposto a outro objeto em movimento, vivo ou não, durante um período crítico após o nascimento, o patinho vai seguir esse objeto como se fosse a mãe.


Imprinting-patos-konrad-lorenz

Foto: Konrad Lorenz e seus patos famosos. Os patos seguiam-o como se ele fosse a sua mãe por causa de um processo chamado de imprinting.

Os seres humanos servem com êxito como substitutos maternos após menos de dez minutos de imprinting. Descobriu-se que uma vez que o processo se inicia, os patinhos seguirão o substituto, mesmo através de circunstâncias adversas, de preferência sendo um pato vivo. Imprinting não occore em qualquer momento após os dois primeiros dias de vida, porque por esse tempo, acredita-se que os patinhos desenvolvem um medo de objetos estranhos.

Há pouca evidência de que imprinting ocorra em seres humanos ou a maioria dos outros animais. Tem-se observado em alguma medida em cães, ovelhas e porcos-da-índia. A descoberta e estudo do imprinting tem solicitado exame continuado dos papéis relativos do instinto e comportamento adquirido no processo de aprendizagem.

 


Uma humana testando o imprinting com patinhos:


Referências:

JRank

Bower, Gordon H., and Ernest R. Hilgard. Theories of Learning. Englewood Cliffs, NJ: Prentice-Hall, 1981.


Quer ler o site sem anúncios + conteúdo exclusivo?
☆ Assine o Psicoativo Premium





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.