Melanie Klein: Biografia, teorias, frases, livros

Melanie Klein é mais conhecida por terapia de jogo e relações de objeto

“Uma das muitas experiências interessantes e surpreendentes do iniciante em análise de crianças é encontrar em crianças ainda muito jovens a capacidade de percepção que muitas vezes é muito maior do que a dos adultos.”

– Melanie Klein

Melanie Klein

Vida precoce de Melanie Klein

Melanie Klein, mais conhecida por terapia de jogo e relações de objeto, nasceu em 30 de março de 1882, e morreu em 22 de setembro de 1960. Nascida Melanie Reizes em Viena, Áustria, a sua ambição inicial era de frequentar a escola médica.

Mais tarde, ela se casou com Arthur Klein aos 19 anos, brevemente frequentou a Universidade de Viena, e tiveram dois filhos, Melitta (1904) e Hans (1907). A família viajava freqüentemente devido ao trabalho de seu marido, mas acabaram por se instalar em Budapeste em 1910. Ela teve seu terceiro filho, Eric, em 1914.

 

Carreira de Melanie Klein

Enquanto em Budapeste, ela começou a estudar com o psicanalista Sandor Ferenczi que a encorajou a psicanalisar os seus próprios filhos. Fora do trabalho de Klein, a técnica conhecida como “terapia de jogo’ surgiu e ainda é amplamente utilizada hoje em psicoterapia.

Ela conheceu Sigmund Freud em 1918 no Congresso Internacional Psicanalítico em Budapeste, que a inspirou a escrever o seu primeiro trabalho psicanalítico, “O desenvolvimento de uma criança” (“The Development of a Child.”). A experiência reforçou o seu interesse pela psicanálise e, após o fim de seu casamento em 1922, ela finalmente se mudou para Berlim para trabalhar com o notável psicanalista Karl Abraham.

A técnica da brincadeira ou terapia de jogo de Klein contrariava a crença de Anna Freud de que as crianças não poderiam ser psicanalizadas. A disputa levou a uma considerável controvérsia dentro da psicanálise, levando muitos dentro da comunidade psicanalítica a tomar partido no debate. Freud criticou abertamente as teorias de Klein e a falta de um grau acadêmico superior formal.

Melanie Klein lutou com a depressão ao longo de sua vida e foi significativamente afetada pelas primeiros morte de dois irmãos e a morte de seu filho mais velho. Ela escreveu vários artigos psicanalíticos sobre o tema, atribuindo depressão à questões da infância não resolvidas.

 

Contribuições de Melanie Klein para a Psicologia

Melanie Klein teve um impacto significativo sobre a psicologia do desenvolvimento que se concentra no crescimento humano durante toda a vida. Infância é, obviamente, um tempo de grandes mudanças, mas as pessoas também continuam a crescer e se desenvolver durante a adulta, meia idade, e velhice.

Técnica da terapia de jogo de Melanie Klein ainda é amplamente utilizada hoje. Sua ênfase no papel da relação mãe-filho e as relações interpessoais no desenvolvimento também teve uma grande influência sobre a psicologia.

Melanie Klein: Artigos e livros

  • The Psychoanalysis of Children (1932)
  • Contributions to Psychoanalysis, 1921-1945 (1948)
  • Narrative of a Child Analysis (1961)
  • Our Adult World and Other Essays (1963)

Referências:

Grosskurth, P. (1986). Melanie Klein Her World and Her Work. New York: Random House.

Segal, H. (1979). Melanie Klein. New York: The Viking Press.

Por Kendra Cherry



DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/


🔴 COMENTA AÍ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.