“A Primeira Impressão é a que fica” e ainda mais do que você pensava…

Nós todos sabemos que as primeiras impressões são marcantes – mas este estudo revela que elas permanecem muito mais do que muitas pessoas imaginam.

Créditos: Chase Elliott Clark CC-BY 2.0

As primeiras impressões afetam o modo como as pessoas tratam as outras seis meses após a primeira vez, mesmo que a primeira impressão seja só ver uma foto!

Professora Vivian Zayas, autora sênior do estudo, disse:

“Cor, aparência facial, como nos sentimos a respeito de alguém, e até mesmo a forma como pensamos sobre quem as pessoas são. Estas pistas são muito poderosas em moldar interações, mesmo na presença de outra informação.”

Como o estudo foi feito

Para o estudo um grupo de pessoas viu imagens de quatro mulheres. Às vezes, eles foram mostrados sorrindo, outras vezes não. Seis meses depois eles se encontraram cara a cara com as mulheres e tinham interações com elas.

Os resultados mostraram que as classificações das mulheres pelas pessoas foram fortemente influenciadas por sua reação inicial à fotografia. Descobriu-se que a reunião propriamente dita só parecia confirmar a primeira impressão que as pessoas tinham formado a partir de uma fotografia.

Professora Zayas disse:

“O que é notável é que apesar das diferenças de impressões, os participantes estavam interagindo com a mesma pessoa, mas saíram com impressões drasticamente diferentes sobre ela, mesmo depois de uma interação face a face de 20 minutos.”

Por que é que as pessoas só vieram a confirmar as suas impressões anteriores?

Professor Zayas acha que é por causa de uma espécie de profecia autorrealizável, e também devido ao Efeito Halo. Ela disse:

“Nós vemos uma pessoa atraente como também socialmente competente, e assumimos que suas uniões são estáveis ​​e seus filhos estão em melhor situação. Nós vamos muito além do julgamento inicial e fazemos uma série de outras atribuições positivas.

Um estudo posterior revelou que as pessoas pensavam que iriam rever o seu julgamento de alguém quando elas realmente se encontrassem com ele.

Mas a realidade é que as primeiras impressões realmente ficam.

Professora Zayas disse:

“… As pessoas realmente pensam que iria rever. Mas, em nosso estudo, as pessoas mostraram muito mais consistência em seus julgamentos, e pouca evidência de revisão”.


O estudo foi publicado na revista Social Psychological and Personality ( Emre et al., 2016 ).

Via Psyblog.

 


Quer ler o site sem anúncios + conteúdo exclusivo?
☆ Assine o Psicoativo Premium


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.