O que é a consciência para Freud?

Consciência segundo Sigmundo Freud (Psicanálise)

Na teoria psicanalítica da personalidade de Freud, a consciência é a parte do superego que inclui informações sobre as coisas que são vistas como ruins pelos pais e pela sociedade. Esses comportamentos são frequentemente proibidos e levam a conseqüências ruins, como punições ou sentimentos de culpa e remorso.

Consciência: um dos dois setores que compõem o superego. Basicamente, um pai crítico internalizado. A consciência transforma nossa destrutividade inata e devolve a nós mesmos e, assim, salvaguarda a coesão da sociedade. Ao mesmo tempo, as renúncias dos impulsos fortalecem a consciência.  Fonte


Consciência para Freud


Quer ler o site sem anúncios + conteúdo exclusivo?
☆ Assine o Psicoativo Premium





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.