Herpetofobia (Medo de répteis): Causas, sintomas, tratamentos

Herpetofobia é o medo de répteis irracional, injustificado e persistente. É uma fobia animal altamente comum. A palavra se origina de “Herp”, que significa serpente ou réptil e “Phobos”, que significa o deus grego do medo.


O medo de répteis é frequentemente combinado com Ofidiofobia que é especificamente o medo de cobras, mas ambos são muito diferentes e não devem ser confundido com o outro. A maioria dos indivíduos que sofrem de herpetofobia não estão apenas com medo de perigos representados por répteis como cobras (principalmente devido ao seu veneno), eles estão mesmo com medo de répteis escamados inofensivos (que geralmente não representam qualquer perigo). Herpetofobia também significa que a fobia não é apenas medo de répteis vivos; pode ser ainda medo do pensamento sobre répteis ou por evitar observá-los sob a forma de imagens, nos filmes, nos jardins zoológicos etc.

Causas de herpetofobia

Herpetofobia - medo de repteisAlguns animais instilam o medo nos seres humanos sem nenhuma razão particular. Herpetofobia é um exemplo. Muitas vezes, os doentes não têm qualquer razão para ter medo de répteis. Talvez, o medo sejaé apenas evolutivo. Os primeiros seres humanos e habitantes das cavernas, muitas vezes encontraram cobras, e muitas vezes, répteis gigantescos peçonhentos. A mordida destes animais foi quase sempre fatal. Como resultado; os primeiros seres humanos ficaram longe destas criaturas, tendo o cuidado de evitar árvores, arbustos, pedras e rochas onde elas normalmente moravam.

Outra importante causa do medo de répteis poderia ser devido a uma experiência negativa no passado referentes a tais seres. Uma criança ou mesmo um adulto, poderia ter tido um desentendimento com um réptil: um lagarto poderia ter caído sobre ele / ela ou nas próprias refeições, ou uma cobra se arrastado nos seus pés durante uma caminhada na natureza. O rastejamento assustador e a sensação viscosa são suficientes para assustar as pessoas que têm uma predisposição nervosa.

Em outros casos mais graves, o medo pode ter surgido devido à morte ou lesão de um familiar ao ser picado por um réptil venenoso. Até mesmo alguns casos de picadas de répteis não fatais (experimentadas pelo herpetofóbico direta ou indiretamente) poderia causar o medo ao longo da vida.

Sintomas do medo de répteis

Seja qual for a causa da herpetofobia, muitas vezes é um medo escalado. No início, a fobia pode fazer a pessoa simplesmente evitar jardins, zoológicos, florestas ou pet shops que vendem répteis. Poderia, então, passar a se recusar a sair de casa completamente devido ao medo de encontrar répteis. O medo pode até dominar o indivíduo completamente, muitas vezes combinando com outras fobias. Os sintomas de herpetofobia são variados e podem ser físicos ou emocionais. Eles incluem:

  1. Tremedeira
  2. Sudorese
  3. Choros ou gritos não apenas com a visão, mas só de pensar em répteis.
  4. Boca seca, freqüência cardíaca acelerada, respiração rápida, náuseas, tonturas, sensação de fuga ou escape
  5. A visão de um réptil ao vivo (mesmo em imagens de livros ou na tela de TV, computador ou celular) pode desencadear um ataque de pânico.
  6. Comportamento de evitação é outro sintoma de herpetofobia. O indivíduo pode se recusar a ir em caminhadas em matas, acampar, etc. Pode até mesmo se recusar a assistir a um filme com répteis (Godzilla deve ser o pior).

Como dito acima, herpetofobia pode avançar lentamente e levar a vários outros sintomas, incluindo sentir um afastamento da realidade ou sentir que está enlouquecendo. A simples sugestão de uma viagem para o zoológico pode causar choro, ataque de pânico, tremedeira etc.

Tratamentos para perder medo de répteis

Existem muitas terapias e modalidades de tratamento que podem ajudar a superar herpetofobia. Hipnose é uma opção. Ela funciona através da avaliação da causa raiz da fobia e também ajuda a eliminar a resposta condicionada do indivíduo para seu objeto de medo. Técnicas de hipnose também são usadas para fazer a pessoa se sentir mais relaxada e se tornar aberta a sugestões. O terapeuta, então, usa ‘comandos’ para trazer a mudança desejada no indivíduo.

PNL ou programação neurolinguística é outra técnica que pode ajudar a superar esse medo. O paciente é solicitado primeiro a revisitar o episódio que levou à fobia. A ele é, então, pedido que “flutue” e volte a assistir o episódio como se estivesse em um filme. Ao paciente é, então, dado o aviso para ir até seu “self mais jovem no filme”, e confortá-lo. Após algumas sessões desta terapia, o paciente pode ser convidado a falar sobre o medo para garantir que as mudanças positivas foram obtidas.

Outras terapias mencionáveis para ajudar a superar o medo de répteis são a psicoterapia, a dessensibilização sistemática e a terapia de grupo. Todas estas têm sido provadas como altamente eficazes na busca por superar a herpetofobia e perder o medo de répteis.

 
 

comprar livro freud analises de fobias menino hanslivro ansiedade fobias sindrome do panico comprar  medos fobias panico livro comprarcomprar livro tratando fobia panico depressao

 

 

 
 
 
 
 
 
 


Quer ler o site sem anúncios + conteúdo exclusivo?
☆ Assine o Psicoativo Premium





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.