Efeito de influência contínua: Por que ainda acreditamos em fatos falsos?

O efeito de influência contínua (também conhecido como a influência contínua da desinformação) refere-se à forma como as falsidades persistem em nosso pensamento.

Exemplos de tais falsidades incluem reivindicações duvidosas por anunciantes ou políticos ou afirmações do senso comum passadas por gerações (exemplos: sair com cabelos molhados causa resfriados; comer doces causa acne).

Essas afirmações falsas, uma vez ouvidas, podem continuar a influenciar pensamentos e sentimentos muito depois de terem sido comprovadamente falsas. Os exemplos modernos incluem a crença de que a Grande Muralha da China pode ser vista da lua (não pode!) Ou que os gatos podem matar os bebês aspirando sua respiração (eles não podem!). Uma vez que partes de informação como estas são internalizadas, não são facilmente esquecidae, não importa quão falsas e refutadas sejam as crenças.

Leia também:

Os efeitos de Notícias Falsas (Fake News) sobre o Julgamento podem ser difíceis de corrigir

 


Via Alley Dog.





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.