Pensamentos obsessivos-compulsivos: uma fato sobre 94% das pessoas e sobre o TOC

94% das pessoas experimentam pensamentos, imagens e / ou impulsos indesejados e intrusivos.

Os pesquisadores descobriram que os pensamentos, imagens e impulsos sintomáticos de transtorno obsessivo compulsivo (TOC) são generalizados. A pesquisa é da Universidade de Concordia e de 15 outras universidades em todo o mundo.

Leia também:

“Este estudo mostra que não são os pensamentos indesejados e intrusivos que são o problema – é o que você faz desses pensamentos“, diz Adam Radomsky, professor de psicologia. “E isso é o cerne das nossas intervenções cognitivas e comportamentais para ajudar as pessoas a superar o TOC.”

Como aponta Radomski, “confirmar que esses pensamentos são extremamente comuns nos ajuda a tranquilizar os doentes que podem pensar que eles são muito diferentes de todo mundo.”

“Por exemplo, a maioria das pessoas que têm um pensamento intrusivo sobre pular de uma varanda ou de uma plataforma de metrô iria dizer que é uma coisa estranha ou bobagem de se pensar, enquanto uma pessoa com TOC pode se preocupar que o pensamento signifique que ela é suicida. Pacientes com transtorno obsessivo-compulsivo experimentam estes pensamentos mais frequentemente e são mais perturbados por eles, mas os próprios pensamentos parecem ser indistinguíveis daqueles que ocorrem na população em geral.

Para os pesquisadores desenvolvendo tratamentos eficazes de saúde mental baseados em evidências, reconhecer quão disseminados esses pensamentos intrusivos são também pode oferecer incentivo para usar terapias cognitivas e comportamentais transculturalmente.

“Nós somos mais semelhantes do que somos diferentes”, diz Radomsky. “As pessoas com TOC e problemas relacionados são muito parecidas como todas as outras.”


Via Medical Express.





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.