A idade em que as pessoas são mais felizes com suas vidas

Pesquisas realizadas durante mais de 30 anos revelam a idade em que as pessoas são mais felizes.

As pessoas ficam mais felizes à medida que envelhecem, de acordo com a pesquisa.

Pesquisas com americanos realizadaentre 1972 e 2004 mostra que as pessoas mais velhas são mais felizes da nação. Através das diferentes gerações, cerca de 50% das pessoas com idade superior a 80 anos disseram que estavam ‘muito felizes’. Pode ser porque pessoas mais velhas, mais maduras são suscetíveis de estarem mais à vontade consigo mesmos e ter maior autoestima.

Leia também:

Dr. Yang Yang, autor do estudo, disse:

“Entender a felicidade é importante para a compreensão da qualidade de vida. A medida da felicidade é um guia para o quão bem a sociedade está satisfazendo as necessidades das pessoas “.

Para a série de pesquisas de uma seção transversal representativa dos norte-americanos foi feita seguinte pergunta:

“Tomando tudo junto, como você diria que as coisas estão hoje em dia – diria que você está muito feliz, bastante feliz, ou não muito feliz?”

As respostas também provococaram algumas descobertas interessantes. A chamada geração ‘baby boomer, aqueles que nasceram entre 1946 e 1964, foi menos feliz do que outras gerações equivalentes.

Dr. Yang disse:

“Isto é provavelmente devido ao fato de que a geração como um grupo era tão grande, e as suas expectativas eram tão grandes, que nem todos no grupo poderiam conseguir o que queriam enquanto eles envelheciam devido à competição por oportunidades. Isso pode levar à decepção que poderia minar a felicidade.”

O estudo também descobriu que:

– Os afro-americanos são, em média, menos felizes do que os brancos.

– Entre pessoas de 18 anos, apenas 15% dos homens negros disseram que estavam muito felizes em comparação com 33% das mulheres brancas.

– Na verdade, as mulheres eram mais felizes do que os homens em geral, em meio às divisões raciais e de classe.

– Ao longo dos anos, escusado será dizer, ter um outro significativo e ter sua saúde te torna muito mais feliz.

– Uma surpresa, para alguns talvez, é que não ter filhos aumenta as chances de ser feliz ao longo da vida.


O estudo foi publicado na revista American Sociological Review (Yang, 2008 ).

Via Psypost.





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.