Depressão Agitada: Tudo que você precisa saber

Conteúdo:

  1. O que é depressão agitada;
  2. Os sintomas da depressão agitada;
  3. Causas da depressão agitada;
  4. Diagnóstico;
  5. Tratamento para depressão agitada;
  6. Considerações finais.

A depressão é um estado persistente de se sentir desesperada, triste ou impotente. Embora existam alguns sintomas comuns associados com a depressão, as pessoas podem sofrer de depressão de formas diferentes.Um tal exemplo é depressão agitada. Especialistas também podem descrever depressão agitada como depressão ansiosa ou depressão perturbada.

Embora depressão agitada não seja um tipo distinto de depressão, os profissionais psiquiátricos reconhecem que algumas pessoas têm sintomas de depressão, bem como agitação.

>Fatos rápidos sobre depressão agitada:

  • Psicólogos e psiquiatras não definem depressão agitada como um tipo distinto de depressão.
  • A agitação pode ser um sintoma comum de transtornos do humor.
  • Os médicos chamam depressão com agitação de “episódio misto” de depressão.

Mulher na cama com Depressão Agitada

Leia também:

 

Os sintomas da depressão agitada

Profissionais de saúde mental usam um manual chamado Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-5) para diagnosticar transtornos mentais, incluindo depressão. Usando os mesmos critérios, diferentes profissionais podem diagnosticar os sintomas depressivos da mesma forma.

Para se diagnosticar alguém com depressão, a pessoa deve ter experimentado humor deprimido ou perda de interesse ou prazer na vida (anedonia) durante pelo menos 2 semanas.

Além disso, uma pessoa também deve ter experimentado pelo menos cinco dos seguintes sintomas:

  • Sentimentos de tristeza, desesperança, ou irritabilidade quase diariamente.
  • Falta de interesse ou prazer em atividades quase todos os dias.
  • Experimentar significativa perda de peso ou perda de apetite que resulta em perda de peso.
  • Dificuldade para dormir ou dormir excessivamente.
  • Experimentar agitação psicomotora, inquietação, ou sentimentos de ficar “devagar”.
  • Sentinr-se cansado ou ter falta de energia quase todos os dias.
  • Sentir-se sem valor ou ter culpa excessiva e inexplicável quase todos os dias.
  • Dificuldade em pensar claramente, concentrar-se, ou tomar decisões diariamente.
  • Experimentar pensamentos de morte, pensar em prejudicar a si mesmo, ou a criação de um plano específico para cometer suicídio.

Agitação é um sintoma que pode levar uma pessoa a experimentar sentimentos de inquietação e ansiedade. Alguns dos sintomas associados com agitação incluem:

  • explosões de raiva
  • cerrar punhos
  • comportamento disruptivo
  • fala excessiva
  • sentr-se como uma pessoa que não pode ficar parada ou focada
  • tensão
  • torcimento das mãos
  • explosões violentas

Uma pessoa que tem experiências de depressão agitada tem sentimentos de desamparo que podem fazê-la se sentir fora de controle. Como resultado, ela pode se sentir inútil, o que pode levar à pensamentos depressivos. A agitação pode fazer uma pessoa com depressão agir impulsivamente. Isto poderia levá-la a se machucar ou machucar outras pessoas e se envolver em comportamento prejudicial.

Como a depressão agitada é diferente do transtorno bipolar?

Uma pessoa com transtorno bipolar pode experimentar sintomas flutuantes de depressão e mania (um estado elevado de ser).

Mania é diferente da agitação porque mania faz com que uma pessoa se sinta hiper, “alta”, ou excessivamente enérgica. Uma pessoa só pode dormir poucas horas por noite e ficar acordada por longos períodos.

Leia também:

Causas da depressão agitada

A agitação é muitas vezes um sintoma de um transtorno de humor subjacente e não é uma condição própria. As causas da depressão em si podem ser variadas e podem ocorrer se:

  • o cérebro não regular o humor de forma adequada
  • uma pessoa tem uma história familiar de depressão e é mais vulnerável à condição
  • uma pessoa tem experimentado eventos de vida significativos que são especialmente estressantes ou tristes, como a perda de um membro da família ou divórcio
  • uma pessoa tem vários problemas médicos crônicos

Vários desses fatores podem contribuir para a depressão. No entanto, os médicos não sabem por que uma pessoa pode sofrer de depressão agitada.

Temperamento de uma pessoa afeta seu comportamento e pode aumentar a probabilidade dela sentir agitação relacionada à depressão.

Como é diagnosticada?

Um psicólogo ou psiquiatra pode diagnosticar a depressão agitada pedindo à pessoa para descrever os sintomas que está experimentando.

Eles podem fazer perguntas, tais como quando os sintomas começaram, o que faz com que os sintomas melhorem, ou o que faz com que os sintomas piorem. Às vezes entes queridos de uma pessoa também podem descrever as mudanças que eles têm observado na personalidade de uma pessoa.

Um médico irá utilizar os critérios do DSM-5 para diagnosticar uma pessoa com transtorno depressivo maior, mas depressão agitada não é diagnosticada usando o DSM-5. Um médico também irá tentar excluir outras condições semelhantes, incluindo transtorno bipolar.

Como a depressão agitada é tratada?

Os proffisionais de saúde mental tratam depressão agitada com uma variedade de abordagens.

Um médico psiquiatra pode prescrever medicamentos chamados sedativos ou benzodiazepinas.

Exemplos podem incluir o diazepam (Xanax) ou lorazepam (Ativan). Estes medicamentos trabalham rapidamente para ajudar uma pessoa a se sentir mais calma e podem aliviar temporariamente a agitação.

Passos adicionais incluem:

  • Medicamentos para aliviar a depressão: Os médicos podem prescrever uma variedade de fármacos para aliviar a depressão, incluindo antidepressivos. Se uma pessoa não responde a esses medicamentos, o médico pode adicionar outra droga ou prescrever um tipo de medicação completamente diferente. Os exemplos podem incluir medicamentos anti-ansiedade ou estabilizadores de humor.
  • Psicoterapia: Consultar um psicólogo ou outro profissional de saúde mental pode ajudar uma pessoa a identificar pensamentos e sentimentos que podem sinalizar o início da agitação ou sintomas depressivos. A terapia pode ajudar a pessoa a focar em pensamentos e comportamentos que podem ajudá-la se sentir melhor enquanto luta contra a depressão agitada.
  • Técnicas para aliviar o estresse: Aliviar o estresse e depressão através da atividade física, meditação, respiração profunda, e escrever pode ajudar uma pessoa a lidar com sentimentos de depressão agitada.

Não há uma solução única para o tratamento da depressão agitada. Um profissional de saúde mental deve considerar sintomas únicos da pessoa.

Ele provavelmente vai usar uma variedade de abordagens, incluindo a prescrição de medicamentos e recomendar a terapia.

Às vezes, pode demorar vários meses ou mesmo anos para uma pessoa encontrar a combinação certa de medicamentos, terapia e técnicas de alívio de estresse que lhes ajudem a viver melhor com sua depressão agitada.

Leia também:

 

Considerações finais

Embora não haja cura para a depressão agitada, existem muitos tratamentos que podem ajudar uma pessoa a viver uma vida mais saudável, mais feliz. Apesar de que encontrar a combinação certa de tratamentos pode levar tempo, a ajuda está disponível.

Se uma pessoa experimenta pensamentos suicidas ou pensamentos de auto-mutilação, ela deve procurar atendimento médico de emergência. Os profissionais de saúde podem ajudar a identificar formas de estabilizar a pessoa medicamente, e reduzir os riscos dela ferir-se.


Referências:

Benazzi, F. (2004). Agitated depression: A valid depression subtype? Progress in Neuro-Psychopharmacology and Biological Psychiatry28(8), 1279–1285.

Depression, anxiety, & agitated depression. (2006).

Maj, M., Pirozzi, R., Magliano, L., & Bartoli, L. (2003). Agitated depression in bipolar I disorder: Prevalence, phenomenology, and outcomeAmerican Journal of Psychiatry160, 2134–2140.

Mixed features specifier. (2013).

Seltzer, L. F. (2010). Anxiety and depression – first cousins, at least (part 2 0f 5).

Understanding agitation. (n.d.).

Verdolini, N., Agius, M., Ferranti, L., Moretti, P., Piselli, M. & Quartesan, R. (2015). The state of the art of the DSM-5 “with mixed features” specifierScientificWorld Journal2015.

What causes depression. (2017).


Fonte: Nall, R. (2017). “All you need to know about agitated depression.” Medical News Today.





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.