As 2 principais razões pelas quais as pessoas tentam Suicídio

Cerca de 1 milhão de pessoas em todo o mundo tiram suas próprias vidas a cada ano.

Depressão Maior

Desesperança e dor emocional são as duas principais razões pelas quais as pessoas tentam suicídio, a investigação encontra.

Crenças comuns sobre o suicídio não foram fortemente apoiadas pelo estudo.

As pessoas eram menos propensas a mencionar as seguintes razões:

  • Problemas financeiros,
  • como um grito de socorro,
  • ou para resolver algum tipo de problema prático.

Em vez disso, era mais porque a dor emocional que estavam sentindo era insuportável e elas sentiram que essa dor nunca iria embora.

Professor David Klonsky, o coautor do estudo, disse:

“Pode ser surpreendente para alguns, mas concentrar-se em motivações é uma nova abordagem no domínio da pesquisa sobre suicídio – e urgentemente necessário. Até agora, o foco tem sido em grande parte dos tipos de pessoas que tentam suicídio – sua demografia, sua genética – sem realmente explorar as motivações. O nosso é o primeiro trabalho a fazer isso de uma maneira abrangente e sistemática “.

As conclusões vêm de um levantamento de 120 pessoas que tentaram suicídio nos três anos anteriores. Desesperança e dor emocional emergiram como os principais motivos. No entanto, houve uma ampla gama de motivação para tentativas de suicídio.

Após os dois principais, que foram mencionados por 2/3 dos entrevistados, tentar escapar e evitar sobrecarregar os outros, foram também motivos frequentemente mencionados. Sentir um baixo senso de pertencimento e sentir-se destemido também foram mencionados por alguns participantes.

Os pesquisadores usaram a pesquisa para desenvolver uma medida que ajuda a avaliar por que as pessoas tentam o suicídio.

Professor Klonsky disse:

Saber por que alguém tentou o suicídio é crucial – diz-nos a melhor forma de ajudá-lo a se recuperar. Esta nova ferramenta vai nos ajudar a superar a atual abordagem “one-size-fits-all” para a prevenção do suicídio, o que é essencial. Motivações diferentes requerem diferentes tratamentos e intervenções “.


O estudo foi publicado na revista Suicide and Life-Threatening Behavior ( May & Klonsky. De 2013 ).

Via Psyblog.



DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/


🔴 COMENTA AÍ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.