Você ouve uma voz na sua cabeça quando está lendo, certo?

Enquanto você está lendo este post do blog silenciosamente para si mesmo, você ouve uma voz interior falando as palavras em sua cabeça?

Um novo estudo publicado na Psychosis sugere que a maioria das pessoas ouve uma voz interna quando estão lendo. Mas como esta é uma das primeiras investigações sobre a questão, e usou uma metodologia não convencional, é justo dizer que os resultados estão longe de serem conclusivos.

Ruvanee Vilhauer na New York University aproveitou perguntas sobre o fenômeno postadas no Yahoo! Respostas, o site de perguntas e respostas no idioma Inglês do mundo (onde as pessoas postam perguntas e membros da comunidade contribuem com as suas respostas). Encontraram 24 perguntas relevantes levantadas entre 2006 e 2014, e 136 respostas em que as pessoas descreveram suas próprias experiências ao ler.

Vilhauer analisou todo o conteúdo relevante e procurou por temas e insights recorrentes. No geral,

  • a grande maioria (82,5%) dos contribuintes disseram que ouviam uma voz interior ao ler para si próprios,
  • 10,6% disseram que não, e o status dos contribuintes restantes não era claro.
  • Daqueles que disseram ter ouvido uma voz interior, 13% disseram que o fizeram apenas algumas vezes, com vários fatores tendendo a aumentar a probabilidade de que isso aconteça, como seu interesse no texto.

Entre os contribuintes com uma voz de leitura interna, outro tema-chave era se ouviram ou não apenas a mesma voz (isso era verdade para cerca de metade deles) ou uma variedade de vozes diferentes.

  • Para aqueles que ouviram vozes interiores diferentes, estes tenderam a variar com base na voz do personagem que estava falando em uma história, ou se era uma mensagem de texto ou e-mail, na voz do remetente.
  • Para as pessoas que só ouviram a mesma voz de leitura interna, esta era geralmente a sua própria voz, mas muitas vezes era diferente de alguma forma da sua voz, por exemplo, em termos de tom ou tom emocional.
  • Alguns contribuintes descreveram ou insinuaram que sua voz de leitura interior era exatamente a mesma voz interior que usavam para os pensamentos.

Quase todos aqueles que disseram ter uma voz de leitura interna ou vozes referiam-se a ela “audível” de alguma forma, por exemplo, eles falavam de seu volume, profundidade ou sotaque. Outra questão que surgiu foi a controlabilidade da voz de leitura interna. Alguns contribuintes falaram da voz como distração ou até mesmo assustadora, enquanto outros disseram que deliberadamente escolheram a voz que usaram.

Você pode ver por que este artigo foi publicado na revista Psychosis. De fato, Vilhauer disse que os insights de sua análise forneceram algum apoio a teorias que dizem que as alucinações auditivas são vozes internas que são incorretamente identificadas como não pertencendo ao eu.

Por que este tema foi largamente ignorada até agora (embora existam estes estudos a partir de 2011)?

O estudo de Vilhauer sugere uma resposta porque descobriu que muitas pessoas achavam que suas experiências internas na leitura eram compartilhadas por todos. Isso funcionou em ambos os sentidos, por que algumas das pessoas que tiveram uma voz de leitura interna estavam convencidos da sua normalidade: “Todos nós ouvimos as nossas vozes em nossas cabeças às vezes, especialmente durante a leitura”, disse um contribuinte do Yahoo.

Ainda outros que alegaram não ter voz interior sentiram que eram os normais. Por exemplo, em resposta a uma pergunta colocada no site sobre se alguém ouve uma voz interior durante a leitura, um respondedor disse “Nããão, você precisa de tratamento” e outro escreveu, em maiúsculas:” NÃO, eu não sou uma ABERRAÇÃO”.

Vilhauer especula que talvez os psicólogos não conseguiram estudar esta questão, porque eles simplesmente assumiram, como muitas pessoas do Yahoo, que não há variabilidade nisto e todos tem a mesma experiência de leitura como eles tem.


Vilhauer, R. (2016). Inner reading voices: An overlooked form of inner speech Psychosis, 8 (1), 37-47 DOI: 10.1080/17522439.2015.1028972

Adaptação do post escrito por Christian Jarrett (@psych_writer) para o BPS Research Digest.





DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/


🔴 COMENTA AÍ

6 comentários em “Você ouve uma voz na sua cabeça quando está lendo, certo?

  • 27/12/2016 em 00:59
    Permalink

    gostei muito da pagina achei interessante e estou tirando proveito das informações do site que é muito bem elaborado e cheio de conteudos,obrigado,,

    Resposta
  • 27/12/2016 em 08:40
    Permalink

    Eu ouço essa voz interior durante a leitura e sinto que atrapalha minha concentração por nem sempre estar na mesma velocidade dos meus pensamentos ou leitura. Sinto que é a minha voz e mesma voz dos meus pensamentos. Existe algum tipo de exercicio que diminua?

    Resposta
    • 27/12/2016 em 11:19
      Permalink

      Se existe algum exercício, desconheço. É uma área de estudo estranhamente nova, então não se sabe muito sobre isso ainda rs.

      Resposta
  • 27/01/2017 em 23:06
    Permalink

    Sim escuto, por isso procurei pelo tema achei que somente eu podia ouvir!
    Me atrapalha na concentração porém percebi que várias vozes que tenho memorizado aparecem e posso controlar isso, posso ler uma narrativa ouvindo a voz do Cid Moreira ou Alvin e os esquilos por exemplo. Ouço a voz de dubladores de filmes e animes com facilidade…
    Não se si isso é normal ou tem tratamento o…

    Resposta
  • 01/02/2017 em 03:00
    Permalink

    Quando eu leio silenciosamente, é com a voz da mente, mas quando eu sei quem escreveu, eu leio com a voz da pessoa.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.