Síndrome de Diógenes (Acumuladores): Causas, Sintomas, Tratamento

A Síndrome de Diógenes é uma condição comportamental mal compreendida, normalmente associada a outras condições, como a demência.

Pessoas com Síndrome de Diógenes muitas vezes mostram uma autonegligência grave, isolamento social, açambarcamento, e podem viver em condições insalubres.

Como a Síndrome de Diógenes é normalmente ligada a outras condições e não é totalmente compreendida, não está listada como uma doença psiquiátrica no atual Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM V).

Conteúdo deste artigo:

  1. O que é Síndrome de Diógenes?
  2. Sinais e sintomas da Síndrome de Diógenes
  3. Tratamento da síndrome de Diógenes

Leia também: Diógenes de Sínope: 7 histórias malucas sobre o maior Troll da Filosofia

O que é síndrome de Diógenes?

Síndrome de Diógenes é tipicamente observada como um distúrbio de comportamento em pessoas idosas, mas pode afetar homens e mulheres de qualquer idade e nível socioeconômico.

No entanto, a síndrome de Diógenes é mais comum entre as pessoas com inteligência acima da média, com mais de 60 anos, e que vivem sozinhas.

Cerca de 0,05 por cento dos norte-americanos com 60 anos ou mais pode ter síndrome de Diógenes. É considerada rara, mas há uma falta de pesquisa sobre sua prevalência.

Existem duas formas de síndrome de Diógenes: primária e secundária.

Em casos primários, a síndrome não é desencadeada por outras condições médicas que um indivíduo já tem. Em casos secundários, a síndrome é o resultado de outros transtornos de saúde mental.

A síndrome de Diógenes também é conhecida como síndrome de degradação social senil ou grave, síndrome de autonegligência, síndrome da escassez senil e síndrome da casa suja.

Sinais e sintomas da síndrome de Diógenes

Os sintomas da condição variam, mas há um conjunto de características comuns que podem estar presentes.

Esses incluem:

  • Insuficiência ou compreensão insuficiente de autohigiene, saúde pública ou segurança
  • Desconfiança da sociedade ou estranhos
  • Paranoia ou desconfiança geral
  • Desprendimento
  • Ansiedade social extrema
  • Tendências obsessivas compulsivas (Leia: 15 sinais de Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC))
  • Acúmulo excessivo ou coleta de itens domésticos e resíduos
  • Condições de vida insalubres ou inseguras
  • Má nutrição
  • Falta de vontade de aceitar ajuda externa ou intervenção
  • Medo ou desconfiança dos profissionais médicos
  • Hostilidade e agressividade para com os outros
  • Um conceito distorcido da realidade
  • Problemas de pele devido à sujeira, como a dermatite passiva

Os sinais e sintomas da síndrome de Diógenes são muitas vezes difíceis de distinguir daqueles de outras condições médicas, tais como:

  • Silogomania (açambarcamento)
  • Esquizofrenia
  • Mania (Leia também: Lista de Obsessões com mais de 120 Manias)
  • Demência frontotemporal
  • Depressão
  • Transtorno de personalidade Obsessivo-compulsivo
  • Alcoolismo

Pesquisas ainda estão sendo feitas para melhorar a compreensão da síndrome de Diógenes.

A maioria do que é sabido sobre a condição é baseada em estudos de caso psicológicos. Algumas fontes estimam que pelo menos metade de todos os casos ocorrem em pacientes sem transtornos de saúde mental previamente.

Quando não associada a outra condição médica, a síndrome de Diógenes pode ser provocada por um evento traumático ou estressante, como a morte de um ente querido.

Durante tais períodos, as atividades diárias como o cuidado pessoal tendem a ser interrompidas ou negligenciadas. A falta de autocuidado, isolamento social extremo e negligência tendem marcar as diferenças entre síndrome de Diógenes da silogomania.

Como pouca pesquisa específica está disponível, as complicações de saúde, sociais e mentais relacionadas à síndrome de Diógenes são mal compreendidas.

No entanto, pensa-se que a síndrome aumenta a probabilidade de morte.

Tratamento da síndrome de Diógenes

Não existe um diagnóstico formal ou plano de tratamento para a síndrome de Diógenes.

Alguns estudos recomendam a compilação história médica e psicológica completa do paciente e realização de um exame físico, exames de sangue e testes de função de órgãos para elaborar uma linha básica de saúde.

Alguns médicos também podem fazer exames de neuroimagem para descartar a presença de outras condições que podem causar sintomas semelhantes. Realizar avaliações de personalidade pode lançar luz sobre a causa da síndrome de Diógenes.

Atualmente, não há medicações ou opções de terapia reconhecidas ou recomendadas especificamente para o manejo da síndrome de Diógenes. Medicamentos concebidos ou prescritos para tratar outras condições médicas podem ajudar a aliviar os sintomas, como paranoia ou mania.

Fatores psicológicos também devem ser levados em consideração, pois muitas vezes levam ao desenvolvimento ou continuação da síndrome. Psicoterapia às vezes é necessária.

Esses tratamentos funcionam melhor ao lado de outros sistemas de suporte projetados para tratar a causa subjacente da síndrome. Por exemplo, serviços de limpeza e cuidados pessoais podem ajudar a diminuir a gravidade dos sintomas.

Como as pessoas com síndrome de Diógenes frequentemente tem medo de estabelecimentos médicos, o tratamento é muitas vezes realizado por profissionais de saúde em domicílio ou agentes comunitários. Questões éticas e legais podem complicar o tratamento, pois os pacientes podem persistir em recusar a intervenção médica.

Já que pontos de vista sobre questões como a autohigiene e segurança variam entre as pessoas e culturas, muitos dos sintomas da síndrome de Diógenes também pode ser difíceis de avaliar e tratar de forma objetiva.

Os casos de síndrome de Diógenes devem ser tratados com extrema sensibilidade por todos os envolvidos. Se um paciente se sente atacado, julgado ou inseguro como resultado da intervenção, ele é mais propenso a recusar mais ajuda e voltar a comportamentos anteriores.

Dicas para cuidadores

Ajudar uma pessoa que tem sintomas de síndrome de Diógenes pode ser um desafio.

A maioria das pessoas que têm a condição recusa ajuda mesmo de familiares e amigos próximos.

A tendência para o isolamento e ansiedade social significa que muitos casos de síndrome de Diógenes levam um longo tempo até a identificação e tratamento.

Leia também: 9 Fatos sobre Ansiedade Social que você precisa saber

As pessoas com interações imediatas ou forçadas são muitas vezes as primeiras a detectar casos da condição. Estes incluem vizinhos, familiares próximos e profissionais de saúde mental.

 


Adaptado do artigo original de Jennifer Huizen para o Medical News Today
Referências:
Huizen, J. (2016, December 11). “Diogenes Syndrome: Symptoms and Treatment.” Medical News Today. Retrieved from
http://www.medicalnewstoday.com/articles/314595.php.

Batool, S., & Hussain, I. (2015). Diogenes syndrome in a patient suffering from neurodegenerative disease. Journal of Pakistan Association of Dermatologists, 25(3), 220-222. Retirado de http://www.jpad.org.pk/July-September-2015/13.%20Case%20Report%20Digenes%20syndrome.pdf

Biswas, P., Ganguly, A., Bala, S., Nag, F., Choudhary, N., & Sen, S. (2013, January). Diogenes syndrome: A case report. Case Reports in Dermatological Medicine, 2013(2013). Retirado de https://www.hindawi.com/journals/cridm/2013/595192/

Browne, D., & Hegde, R. (2015, September). Diogenes syndrome: Patients living with hoarding and squalor [Abstract}. Progress in Neurology and Psychiatry, (19)5. Retirado de https://www.researchgate.net/publication/282907335_Diogenes_syndrome_Patients_living_with_hoarding_and_squalor

Cipriani, G., Lucetti, C., Vedovello, M., & Nuti, A. (2012, December). Diogenes syndrome in patients suffering from dementia. Dialogues in Clinical Neuroscience, 14(4), 455-60. Retirado de https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3553571/

Gracias, M. J., Albuquerque, R. P., Serra, M., & Pedrosa, B. (2012, June 13). P-715 – a case report of Diogenes syndrome. European Psychiatry, (21)1, 1. Retirado de http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0924933812748824

Griffiths, M.D. (2015, October 8). Senile squalor and hoarding: A brief overview of Diogenes syndrome. Retirado de https://www.psychologytoday.com/blog/in-excess/201510/senile-squalor-and-hoarding

Irvine, J. D. C., & Nwachukwu, K. (2014, May 2). Recognizing Diogenes syndrome: A case report. BMC Research Notes, 7(276). Retirado de http://bmcresnotes.biomedcentral.com/articles/10.1186/1756-0500-7-276

Nayak, K., Gopinath, H., Kini, H., & Kumar, P. (2015). Unmasking Diogenes syndrome. Indian Journal of Dermatology, (60)3, 287-289. Retirado de http://www.e-ijd.org/article.asp?issn=0019-5154;year=2015;volume=60;issue=3;spage=287;epage=289;aulast=Nayak

Yadav, S., Narang, T., & Sendhill Kumaran, M. (2013, April). Psychodermatology: A comprehensive review. Indian Journal of Dermatology, Venerology, and Leprology, (79)2, 176-192. Retirado de http://imsear.li.mahidol.ac.th/bitstream/123456789/147425/1/ijdvl2013v79n2p176.pdf


DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D

CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/






SEJA PSICOATIVO TAMBÉM E COMENTA AÍ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.