Por que a Psicologia é uma Ciência tão jovem?

Se você quer entender como algo funciona, corte e abra. Ist, foi a visão de Thomas Willis, professor de Oxford do século 17 e literalmente um abridor de crânios. Hoje, Willis é lembrado como o fundador da neurociência clínica. Ele publicou The Anatomy of the Brain em 1664, ajudando a estabelecer o que ele mais tarde chamaria de “Neurologia”, e, como George Makari observa, ele queria fazer mais: Talvez a alma se revelasse sob estudo, se alguém desenvolvesse uma “psicologia”.

Ele teve que esperar um pouco. Psicologia não se formalizou como uma disciplina acadêmica até recentemente: William James publicou seus Princípios de Psicologia em 1890; O livro de Sigmund FreudInterpretação de Sonhos apareceu em 1899. Wilhelm Wundt, o fundador da psicologia experimental, não montou seu laboratório na Universidade de Leipzig, até 1876. Se os ocidentais têm sido curiosos sobre suas vidas interiores, pelo menos desde os filósofos pré-socráticos – então por que é o estudo desse terreno é tão novo?

Na época em que a The Anatomy of the Brain foi publicado, Willis tornou-se membro da Royal Society, a liga britânica de “cientistas naturais” que impulsionou a revolução científica. Ao contrário de seus pares esmiuçando a fundação da química ou rastreando os trânsitos de Vênus, Willis estava interessado no material pegajoso entre suas orelhas. Isso, Makari observa, coloca-o em um lugar estranho: “Para muitos cientistas da Royal Society, a filosofia natural deve claramente se afastar da religião. No entanto, para os estudantes do cérebro, esse liminar não foi fácil: eles muitas vezes pousavam entre os dois mundos, um selvagem, o lugar não mapeado, onde cérebro e alma, espírito e carne, Natureza e Deus pareciam tocar “.

Makari, que escreveu Soul Machine: The Invention of the Modern Mind (A invenção da mente moderna) e Revolution in Mind: The Creation of Psychoanalysis (Revolução na Mente: A Criação da Psicanálise),  e trabalha como psiquiatra , explicou que não foi até a secularização ter seus primeiros pontos de apoio na Europa que a consciência começou a ser vista como uma parte da natureza. Isso foi resumido no nascimento irregular de sua especialidade médica.

“Psiquiatria, como um campo de domínio tanto do somático quanto do psíquico, foi dificultada por muitos anos, porque o reino psíquico era da alma, e você tinha os médicos da alma para isso”, ele diz a Science of Us. Ver o estado psicológico de um ser humano como parte da natureza é novo, tentar entender a vida interior é muito antigo.

“Um dos maiores psicólogos da tradição ocidental é provavelmente Dante, ele é extremamente perspicaz acerca de orgulho e gratidão, mas molda tudo como a vida interior da alma, teologia, humanismo cristão”, diz ele. “Não há nenhuma noção de saúde mental ou doença se estamos falando sobre a alma, o que só surge quando a mente se torna um objeto natural.” Em vez de confessionário, o divã.


Adaptação do artigo original de  para o Science of Us.



DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/


🔴 COMENTA AÍ

Um comentário em “Por que a Psicologia é uma Ciência tão jovem?

  • 24/07/2017 em 08:09
    Permalink

    A psicologia e uma ciência porq obedece ao método científico e busca o seu objecto de estudo. o homem como ser social sentiu a necessidade de cunhecer_se a si próprio, e aos outros pra puder estabelecer as relações sociais. o seu objectivo é o estudo do comportamento do homem e do animal, e tambem estuda os processos mentais isto é: sensações, sentimentos, afeções, as imagens, afeções, e ações do homem. considera_se como fundador da psicologia o experimental WILHEL WUNDT por ter criado em 1879 o primeiro laboratório na Alemanha, e a psicologia torna uma ciência idependente da filosofia graças das investigações psicológicas sobre a sençao, pescepçao e emoçao.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.