Por que NÃO podemos resistir à Clickbaits? A razão é chocante!

Tim Wu, autor de The Attention Merchants, está em uma posição única para falar sobre o surgimento da cultura clickbait e viral – ele passou os últimos anos pesquisando o que nos chama a atenção.

No Way

BuzzFeed é sinônimo dessa espécie de conteúdo, de modo que não é surpreendente saber que a primeira instância de uma história viral é originada de Jonah Peretti, o cofundador da BuzzFeed e do The Huffington Post. Wu conta a história engraçada do primeiro viral do Peretti, e observa que a mídia não parou de tentar capturar o ‘raio do sucesso’ em uma garrafa desde então. Quase todas as entidades nas notícias e entretenimento do mundo online hoje estão em uma batalha permanente para dominar a arte e a ciência da viralidade, para colher o máximo de atenção. Por quê? Por seu valor de revenda para os anunciantes.

Wu reconhece que não tem sido uma influência particularmente positiva sobre a nossa cultura, mas é fascinante quando ela é visto como um projeto de entender as pessoas. Na pesquisa de Wu, ele chegou à conclusão de que, embora o grito de ‘Clickbait!’ tem amplificado a raiva ao longo dos últimos cinco anos, o fenômeno não é nada novo. As manchetes de jornais da década de 1830 capitalizavam sobre suicídios, divórcios e eventos loucos para atrair as pessoas. ‘If it bleeds, it leads’ foi o slogan da mídia por mais de um século.

Clickbait não é um novo fenômeno cultural, mas um antigo fenômeno biológico: o que nos faz clicar é exatamente o que nos fez sobreviver em tempos pré-históricos. Sexo, comida, morte, violência, mulheres em dificuldades, gatinhos (coisas fofas são uma séria necessidade biológica – os nossos antepassados tiveram que ser neurologicamente viciados em seus bebês para garantir que iriam protegê-los), tudo isso provoca o nível mais básico da nossa humanidade. Estamos programados para reagir a coisas alarmantes ou que nos induzem em um ponto de vista da sobrevivência. “Estes modernos clickbaits estão usando princípios muito básicos da nossa neurobiologia que estão lá por uma razão”, explica Wu.

Clickbait é uma forma de manipulação para que plataformas de mídia possam capitalizar a atenção do público. Nossos botões biológicos e psicológicos estão constantemente sendo pressionados. Em um mundo eticamente perfeito, as empresas de mídia não iriam fazê-lo; mas em um sistema capitalista, abster-se é morrer. Estas organizações usaram as pesquisas e foram espertas o suficiente para descobrir exatamente o que nos faz clicar. Elas lançam a isca, mas só você está no controle de suas reações. Por que você clicou para vir aqui mesmo?


Por Tim Wu para o Big Think



DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/


🔴 COMENTA AÍ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.