Teoria cognitivo-comportamental e Terapia cognitivo-comportamental

A teoria cognitivo-comportamental defende que os comportamentos e emoções são o resultado de padrões negativos de pensamento que se adaptaram ao longo do tempo. É a base da abordagem de terapia psicológica chamada terapia cognitivo-comportamental.

cognicao-cerebro-luzes

Terapia Cognitivo Comportamental (TCC) é normalmente usada para tratar certas condições de saúde mental, tais como ansiedade e depressão. Os pacientes geralmente se reúnem regularmente com terapeutas que ajudam-os a reconhecer e desafiar crenças irracionais que influenciam os seus comportamentos e sentimentos. Através da descoberta guiada, o terapeuta ajuda o paciente a afastar-se da situação para vê-la mais claramente e, portanto, reagir a ela de uma forma mais positiva.

Terapia Cognitivo Comportamental foi fundada pelo Dr. Aaron Beck, um psiquiatra da Universidade da Pensilvânia, na década de 1960. Usando a psicanálise em seus pacientes, ele descobriu que a depressão tinha suas características específicas que não estavam sendo tratadas. Uma dessas características é o que Beck chamou de pensamentos automáticos. Estes pensamentos pulam aleatoriamente na cabeça de uma pessoa, e muitas vezes são negativos – como as pop-ups dos sites da internet. Ao aprender a identificar estes pensamentos, um paciente pode começar a ter uma visão mais realista da situação.

TCC é uma terapia de curto prazo, geralmente durando entre quatro e sete meses. O objetivo final é que o paciente “torne-se” o terapeuta, e aprenda a reconhecer e lidar com esses pensamentos automáticos por conta própria.


Referências:



DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/


🔴 COMENTA AÍ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.