História da Psicologia moderna: Linha do tempo rápida ➹

O começo da psicologia moderna

1878 – G. Stanley Hall torna-se o primeiro americano a ganhar um Ph.D. em psicologia. Hall, eventualmente, funda a Associação Americana de Psicologia.

1879Wilhelm Wundt funda o primeiro laboratório de psicologia experimental em Leipzig, Alemanha. O evento é considerado o ponto de partida da psicologia como uma ciência separada.

1881 –Wundt forma o jornal profissional Philosophische Studien (Estudos Filosóficos)

→ Leia: As contribuições de Wundt para a Psicologia

1883 – G. Stanley Hall abre o primeiro laboratório de psicologia experimental nos Estados Unidos na Universidade John Hopkins.

Freud e Jung nos EUA
Primeira fileira:Sigmund Freud, Stanley Hall, Carl Gustav Jung; segunda fileira: Abraham Brill, Ernest Jones, Sandor Ferenczi. Universidade de Clark, Massachusetts, Estados Unidos, Setembro de 1909.

1885 – Herman Ebbinghaus publica seu famoso Über das Gedächtnis ( “Na Memória”), que mais tarde foi traduzido para o Inglês como Memory. Uma Contribuição à Psicologia Experimental . No trabalho, ele descreve sua aprendizagem e experimentos de memória que ele conduziu em si mesmo.

1886Sigmund Freud começa a fornecer terapia para pacientes em Viena, Áustria.

1888 – James McKeen Cattell torna-se o primeiro professor de psicologia na Universidade da Pensilvânia.

1890 – James McKeen Cattell publica Mental Tests and Measurements (Testes e medições mentais), marcando o início da prática da avaliação psicológica.

William James publica Princípios de Psicologia.

Sir Francis Galton cria técnica de correlação para compreender melhor as relações entre variável em estudos de inteligência.

1892 –G. Stanley Hall forma a American Psychological Association (APA) , que inicialmente tem 42 membros.

– Aluno de Wundt, Edward B. Titchener se muda para a América.

1894 – Margaret Floy Washburn completa seu treinamento com Tichener.

1895Alfred Binet forma o primeiro laboratório de psicologia dedicado à psicodiagnóstico.

1898Edward Thorndike desenvolve a Lei do Efeito.

Importantes eventos da psicologia no século 20

1900 – Sigmund Freud publica Interpretação dos Sonhos.

1901 – A British Psychological Society é formada.

1905 – Mary Whiton Calkins é eleita a primeira mulher presidente da American Psychological Association.

– Alfred Binet publica o teste de inteligência New Methods for the Diagnosis of the Intellectual Level of Subnormals (novos métodos para o diagnóstico do nível intelectual dos subnormais).

1906Ivan Pavlov publica suas descobertas sobre o condicionamento clássico.

Nick Vedros & Assoc. / The Image Bank / Getty Images
Nick Vedros & Assoc. / The Image Bank / Getty Images

– Morton Prince funda o Journal of Abnormal Psychology.

1907Carl Jung publica Psicologia da Demência Precoce.

1909 – Calkins publica A First Book in Psychology.

1912 – Edward Thorndike publica Inteligência Animal. O artigo leva ao desenvolvimento da teoria do condicionamento operante.

Max Wertheimer publica Experimental Studies of the Perception of Movement )Estudos Experimentais da percepção do movimento), levando ao desenvolvimento de Psicologia da Gestalt.

1913 – Carl Jung começa a afastar-se dos pontos de vista freudianos e desenvolve suas próprias teorias, que, eventualmente, são conhecidas como psicologia analítica.

Leia: A história da relação entre Freud e Jung

– John B. Watson publica A psicologia como o behaviorista a vê. O trabalho ajudou a estabelecer o behaviorismo, que via o comportamento humano resultante de respostas condicionadas.

1915 – Sigmund Freud publica trabalhos sobre a repressão.

1917 – O então presidente da APA, Robert Yerkes escreve os testes Alfa e Beta para o Exército para testar a inteligência.

1919 – John B. Watson publica Psychology, From the Standpoint of a Behaviorist (Psicologia, do ponto de vista de um behaviorista).

1920 – Watson e Rosalie Rayner publicam pesquisas do condicionamento clássico do medo com o seu sujeito, pequeno Albert.

1925 – Psicologia da Gestalt é trazida para a América com a publicação de Wolfgang Kohler Perception: An Introduction to the Gestalt Theory (Percepção: Uma Introdução à Teoria Gestalt).

1932 – Jean Piaget torna-se o maior teórico cognitivo, com a publicação de sua obra O julgamento moral na criança.

1935 – Henry Murray publica a Thematic Appreception Test (TAT).

1942 – Carl Rogers desenvolve a terapia centrada no cliente e publica Counseling and Psychotherapy (aconselhamento e psicoterapia). Sua abordagem incentiva o respeito e consideração positiva aos pacientes.

1952 – O Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM) é publicado.

1954 – Abraham Maslow publica Motivation and Personality, descrevendo sua teoria de uma hierarquia das necessidades. Ele também ajuda a fundar a psicologia humanista.

1958Harry Harlow publica The Nature of Love (A natureza do amor), que descreve suas experiências com macacos rhesus sobre a importância do apego e amor.

1961 – Albert Bandura realiza seu agora famoso experimento do João Bobo.

bobo doll - albert bandura

1963Albert Bandura descreve pela primeira vez o conceito de aprendizagem por observação para explicar o desenvolvimento da personalidade.

1974 – Stanley Milgram publica Obedience to Authority (Obediência à autoridade), que apresentou os resultados de seus famosos experimentos de obediência.

1980 – O DSM-III é publicado.

1990 – Noam Chomsky publica On Nature, Use and Acquisition of Language.

1991 – Steven Pinker publica um artigo em Science introduzindo sua teoria de como as crianças adquirem a linguagem, que ele mais tarde detalha ainda mais em seu livro The Language Instinct (O Instinto Da Linguagem: Como a Mente Cria a Linguagem).

1994 – O DSM-IV é publicado.

Eventos importantes da história da psicologia no século 21

2000 – Pesquisadores genéticos terminam o mapeamento de genes humanos. Os cientistas esperam um dia isolar os genes individuais responsáveis por doenças diferentes.

2002 – Steven Pinker publica The Blank Slate, argumentando contra o conceito de tabula rasa.

2002 – O psicólogo Daniel Kahneman ganha o Prêmio Nobel de Economia por sua pesquisa (realizada com Amos Tversky) sobre como os julgamentos são feitos em face da incerteza. (Tversky morreu em 1996 e o Nobel não é concedido postumamente).


Artigo original de Kendra Cherry.


DEIXA O LIKE AÍ COMO REFORÇO POSITIVO PRA GENTE :D

CURTE E COMPARTILHA E VAMOS LEVAR A PSICOLOGIA AOS CONFINS DO UNIVERSO! \o/\o/\o/\o/\o/






SEJA PSICOATIVO TAMBÉM E COMENTA AÍ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.